quarta-feira, agosto 27, 2008

ELEITORAIS TELEVISIVAS

RESUMO
Vamos aos programas eleitorais desta quarta-feira à noite.

ASSOCIAÇÃO
Dari Diehl repetiu o programa e voltou a martelar no combate “a velha política” e buscar na retórica de figuras simbólicas como direita e esquerda à associação com JPK e Décio. Para depois fazer uma hipotética ligação entre o que eles representam com os processos de corrupção e o que há de ruim na política brasileira. Se manteve à esquerda.

PROPOSTA VERDE
Ivan Naatz empunhou a bandeira de seu partido e fez um programa sobre preservação da água e tratamento de esgoto, no estilo de uma grande reportagem, tendo o candidato como âncora. Muito bem feito. Prometeu fazer de Blumenau a 1ª cidade completamente saneada de Santa Catarina. Aí, exagerou.

NAS RUAS
O programa de João Paulo mais uma vez começou batendo, mas depois colocou o candidato a percorrer os locais onde deixou sua marca como prefeito. Com uma boa linguagem de edição e ritmo, JPK lembrou suas realizações “in loco”. Uma boa sacada.

EQUÍVOCO
Quando move-se no sentido de “bater” na candidatura de Décio Lima, o programa da Coligação Faz Blumenau Mais Forte se perde. Mais uma vez vou frisar: esta é uma posição pessoal. Mas que cabe-me expressar aqui.

PORRADA
Voltou a apresentar o quadro “Gente que Faz”, com a moradora do morro da Garuva que encontrou a água graças ao prefeito João Paulo, de gosto duvidoso, melodramático. E usou outra paródia, a Outra Família, (Grande Família, Rede Globo) para fazer uma sátira da proposta de Décio Lima de proporcionar Internet para todos em Blumenau. Mas, no meu entender,de uma forma, digamos assim, sacana. Durante todo o tempo os personagens falam “naquele que promete dar computador para todos”, referindo-se a um hipotético candidato em campanha eleitoral.

ABAIXO DA CINTURA
Posso não acreditar que o candidato Décio Lima vá realmente dar Internet de graça para todo mundo ou até mesmo discordar desta proposta. Mas ele, em, nenhum momento, prometeu computador de graça para a população. Mas foi isto que o quadro “A Outra Família”, muito bem produzido, diga-se de passagem, tentou passar.

BOMBARDEIO DE INFORMAÇÃO
O programa petista voltou a lembrar o que Décio Lima fez e como esta bagagem pode ajudar a fazer ainda mais. Mostrou uma grande reportagem mostrando suas realizações em oito anos de mandato, “o prefeito que mais fez obras em Blumenau”. E arremata: “Quem fez, fará muito mais”.

APOIOS EXTERNOS
Apresentou a gravação de mais de dez depoimentos de personalidades de Brasília, sendo que pelo menos a metade não tinha nenhuma expressividade. Chamaram a atenção apenas Aloísio Mercadante, Ciro Gomes, Arlindo Chináglia. Não sei o que agrega do ponto de vista eleitoral.

9 comentários:

Daniela disse...

Quem bate é porque está perdendo.Este é o meu ponto de vista.Será que foi apenas o João que não entendeu que, do que se fala não são de computadores, e sim da democratização da mídia?Aliás Democracia é uma palvra que no vocabulário de seu partido não existe! De acordo com o servidores públicos falam.Ridículo o Papel que se prestaram

Anônimo disse...

A Garub=va está apelativo!Quem Mora lá, sabe o que rolou...hahahaha eu tsmbém quero aparecer para receber!!!! Hauhauhauahua

Carla disse...

" Em tese, não é permitido ao candidato aparecer em imagens externas."

O que se faz com o joaozinho ??

Rafael Mueller disse...

Também não entendi o motivo de colocarem Mercadante, Ciro e Chináglia defendendo Décio.

Uma parte boa da população não sabe quem eles são (exceção do Ciro) e a outra acho que não vê nenhuma vantagem em ouvir eles falando que "Décio será um bom prefeito para Blumenau".

Se não fosse a oktoberfest, eles sequer saberiam que Blumenau fica em SC (e não duvido que eles realmente não saibam).

E ainda não vi nenhum motivo para não achar patética a idéia de "internet para todos"

E a mulher da Garuva quase chorando quando recebeu água, foi meio forçado

Ortiz disse...

Será que isso dá direito a resposta? Como uma campanha como a JPK consegue sair das estrideiras dessa forma? Tudo bem se eles fossem mais "ingênuos" mas como dizem por ai uma mentira dita 1000 vezes se torna verdade hehehe

Anônimo disse...

O que me chamou atenção no horário eleitoral da noite passada, foi aquela senhora do morro da Garuva, que mora numa casa impecável, toma água com o João Paulo, e veste uma camisa polo da Lacoste.
Você pode imaginar uma pessoa que mora num morro como o da Garuva, que não tem água em casa, usando uma camisa lacoste de R$ 250,00.

Seria capaz de apostar que aquele programa apelativo foi bem pago e que a água que o Prefeito tomou, seus assessores levaram numa garrafinha separada e com o seu copo esterilizado (risos).

Comandante disse...

Em dezembro de 2007 nós, moradores do Morro da Garuva, juntamente com o Jeep Club organizamos uma festinha de natal para as nossas crianças.

Durante o evento, acompanhávamos a equipe do Samae que instalava uma "bomba pressurizadora" que levaria a água tratada do Samae para as localidades mais altas.

Ali presenciei a alegria dos meus familiares e amigos que naquele natal recebiam o que tanto esperavam... águas tratada!

Na boa... quem não passou pelo perrenho de ficar sem água na torneira de casa, não sabe o que é isso... é fácil falar daquilo que não se viveu... a pimenta sempre é refresco nos olhos dos outros.

Quanto a camisa da Lacoste... acho que pode ser encontrada sua versão pirata em qualquer camelô da cidade, ou pelos Chineses que vendem tênis de porta em porta ou a versão "LacAsto" produzida por uma malharia de pequeno porte na Velha Pequena.

A maldade está nos olhos de quem quer ver.

Cassio disse...

Bom, que virou comédia o programa virou!!!Acho que JPK se deu bem com isso.

Cássio disse...

Ou melhor, não se deu bem, pois ficou feio!