quarta-feira, agosto 06, 2008

ELEITORAIS

EQUILÍBRIO
A mais recente pesquisa interna do PT bate com os números do Instituto Mapa, divulgadas pelo Jornal de Santa Catarina no último final de semana. Os dados do IPAC, contratado pela campanha de Décio Lima, são semelhantes, observando a margem de erro. Ou seja, Décio e João Paulo Kleinübing estão tecnicamente empatados.

DIFERENÇA
A única e grande distorção entre as duas diz respeito ao número de eleitores que ainda não definiram o voto. Na do Ipac ele está na casa dos 22,9% , a do Mapa aponta 57,5%. O levantamento diz respeito à pesquisa espontânea.

UNIVERSO A SER EXPLORADO
Um entendido em pesquisas fez a seguinte leitura. Pelo índice histórico de abstenção em Blumenau, o município deve ter cerca de 180 mil votos. Décio Lima teria consolidado 70 mil votos e João Paulo Kleinübing teria os outros 70 mil. Dez mil iriam para as candidaturas de Ivan Naatz, Dari Diehl e José Ouriques. Pela análise, Décio e JPK disputam 30 mil votos.

FAZ MAIS
Tem gente querendo fazer aposta, mas como não faz meu tipo, resta-me ser cético. Acho que a dobradinha Ivan Naatz e Ângelo Roncáglio faz mais de 10 mil votos e dependendo do ritmo empregado nos programas de TV pode chegar a 20 mil.

2 comentários:

ivan naatz disse...

com todo respeito aos "cientistas políticos" e outros estudioso, afirmo a qualquer um que nossa campanha ultrapassa a casa dos 20 mil votos, arrisco mais, sengundo pesquisar internas do PV os nossos opositores não somam ainda 65% das intensões de voto sendo que rejeição deles somada utrapassa a casa dos 30%.

esperem os debates e nosso programa de TV

abraços a todos e parabéns pelo informe, esta dez.

Ivan Naatz

Osní Vagner disse...

Voto do tustão contra o milhão!
Cada vez mais próximo do dia 19 de agosto a população vai escutar cad candidato para depois decidir.
É uma avaliação falsa, já que a população conhece DNL e JPK, novidade IN e DD? O Sr. JO sem comentário.
Acho que esses 10 mil votos e os outros 30 mil podem decidir uma virada,dependerá da posição e comportamento de cada candidato e a população vai optar em quem é mais confiável, o que é mais aceitável e viável para a cidade.
Tivemos casos como Lazinho o próprio Décio surpreenderam, na realidade não, só se colocou nas urnas o descontentamento com quem está no governo.
Voto do tustão contra o milhão!