sábado, setembro 20, 2008

ELEITORAIS TELEVISIVAS

ADMINISTRANDO
Como as pesquisas estão a seu favor, a Coligação Faz Blumenau Mais Forte leva os programas em banho-maria. A maior parte da exibição da noite dessa sexta-feira foi reprise, com exceção do quadro Gente que Faz e da propaganda final com a filha de JPK cantando a música da campanha. Voltou a bater na tecla que o programa de governo será feito em conjunto com a população, que deve esperar a correspondência chegar em casa e dar sua sugestão.

PARA CIMA
O espaço da Coligação Salve Blumenau foi usado pelo candidato, para fazer um resumo de suas propostas. E dar uma alfinetada na campanha de Kleinübing: “não acredite em marqueteiros, em pessoas que inventam bonecos para tentar ludibriar vocês”, recomendava Ivan Naatz ao pedir o voto.

BATENDO
A campanha petista atacou forte o que considera o ponto fraco da administração de Kleinübing, que é o setor da saúde. Buscou comparar com dados à administração atual com a de Décio Lima, citando nominalmente o atual prefeito. Foi à porta do ambulatório da Velha buscar depoimentos de pessoas, que reclamavam do atendimento. E apelou ao relacionar a morte de um empresário, na última quinta-feira, com os problemas do setor.

SEM MURO 1
Como critiquei quando os marqueteiros de JPK buscaram confundir o eleitorado com a paródia do quadro Outra Família sobre a proposta de instalar Internet banda larga nos bairros da cidade, faço o mesmo com a exploração da dor de uma família no programa eleitoral. Acompanhei a distância este caso do empresário e considero uma fatalidade, mas isso ninguém poderá provar. Porém não é comum as pessoas morrerem na fila do atendimento. Se ele é bom ou ruim, a situação é outra. Mas a crítica desta forma me parece rasteira.

SEM MURO 2
Como também acho demagogia esta coisa de montar o plano de governo em conjunto com a população. História para boi dormir.

52 comentários:

Anônimo disse...

O programa eleitoral do JPK é muito mediocre, pois não trás proposta nenhuma só fala na Vila Germanica constrida sem licitação em carater de emergencia rsrsrs.. com incentivo do fundo a cultura do governo do estado.. Galegão que foi construido com a verba do governo federal.... a Policlinica que foi compra o terreno no governo anterior e a conclução com dinheiro do governo federal e alem do mais uma pessoa que fala com um boneco isso é o fim ....

Anônimo disse...

A edição de hoje do Estado de São Paulo traz reportagem sobre o envolvimento do Décio Lima na Operação Influenza. Antes os petistas apaixonados diziam que a direita tinha comprado a RBS e o Diarinho, que divulgaram o fato. E agora, o que vão dizer? Será que compraram também o Estadão?

why so serious disse...

Eu não vejo onde está o desmérito em usar dinheiro federal para realizar as obras.

Anônimo disse...

Saiu hoje na edição do jornal Folha da Verdade:

Trechos do livro da educadora Dinorah Krieger Gonçalves, que comandou a pasta de Educação na administração Vilson Kleinübing e durante os dois primeiros anos de JPK ocupou o mesmo cargo:



“Mais uma vez, a educação, os professores, os alunos, as escolas, tinham que ser sacrificados por causa da ambição de um político e inescrupuloso. Mais uma vez o importante não estava sendo trabalhar a favor do povo, mas garantir a reeleição por meio de sacrifício alheio”.

“...despachavam diretamente do gabinete do Prefeito, passavam a descumprir as determinações, e a tomar suas próprias decisões com certeza respaldadas por ele. A preocupação maior era com o encaminhamento das obras para a Companhia Urbanizadora de Blumenau (URB), uma autarquia municipal, sem licitação.
A bem da verdade, é necessário que se diga que esse mesmo procedimento foi duramente criticado pelo Vice-Prefeito (Edson Brunsfeld-PP), quando vereador, na administração anterior. Ao assumir o novo cargo, sua opinião sobre o assunto mudou. Acontece o seguinte: a Prefeitura contrata sem licitação a Urbanizadora para realizar a obra; por sua vez, subcontrata as empreiteiras. É um caso típico de burla da legislação e das garantias de concorrência pública. A desculpa que recebi, inúmeras vezes, é de que a Urbanizadora conseguia preço menor. Essa matemática, porém, não é crível, uma vez que em todos os setores, o atravessador sempre onera o produto ou o serviço. Por outro lado, os orçamentos que me foram apresentados como contraponto para o preço da Urbanizadora eram de empreiteiras que trabalhavam para a própria URB, empreiteiras de cidades vizinhas.
Outro procedimento comum no serviço público é a química, que consiste em adquirir certos produtos e serviços como se fossem outros. Isto é, a autoridade quer comprar determinado produto (canetas) de certa empresa, que não é habilitada para fornecer aquele produto. A empresa entrega o produto solicitado (canetas) e recebe por produtos que não entregou (lápis). A química está em se calcular o valor de ambos os produtos e emitir notas na quantidade determinada do produto não entregue, para atingir seu valor a ser pago pelo produto entregue.
Embora eu tivesse determinado expressamente que não toleraria procedimentos semelhantes, uma vez que são ilegais, recebi para assinar empenhos no valor de cerca de R$ 300.000,00 a favor de determinada empresa. Causou-me espanto a metragem quadrada do piso cerâmico colocado em diversas escolas. Chamei o Diretor Financeiro e pedi explicações. “Pode assinar, Secretária. Está tudo conferido. O engenheiro responsável pela conferência já assinou, confirmando”. Mandei, porém, auditar as notas apresentadas e para meu espanto, dias depois, o auditor me apresenta o resultado: a colocação de piso cerâmico representava a realização de outros serviços, cujo valor, mesmo assim, estava exacerbado. Deveria haver uma redução de mais de 50% nos custos apresentados. Levei ao conhecimento do Prefeito que o servidor comissionado estava tentando me induzir ao erro, e solicitei sua exoneração. Como não obtivesse apoio, encaminhei a documentação comprobatória da ilegalidade à Procuradoria Geral que, igualmente não tomou providências. Encaminhei, então, a solicitação de abertura de sindicância interna. Meses depois, o servidor a muito custo deixou a Secretaria de Educação, tendo sido nomeado para cargo de igual nível em outra secretaria.
É por razões dessa ordem que os engenheiros e demais servidores que consegui afastar, por suspeita de envolvimento em esquemas de obras, celebraram minha exoneração, e já foram reconduzidos à SEMED. Pobre rede!!!...”

Luiz Carlos de Souza disse...

E assim que o prefeito João Paulo e seu vice tratam os casos de corrupção na atual adiminstração:

Fonte: Jornal de Santa Catarina

Leiam a noticia na integra:

Prefeitura arquiva caso dos gerentes
Prefeito em exercício sustenta que servidores eram desconhecidos porque atuavam fora das secretarias
GIOVANA PIETRZACKA




Blumenau - O prefeito em exercício Edson Brunsfeld (PP) determinou o arquivamento da sindicância que investigou três servidores em cargos comissionados sob suspeita de não cumprir a jornada de trabalho nos locais para os quais foram nomeados. O parecer foi expedido segunda-feira e já está nas mãos do promotor da Moralidade Administrativa, Gustavo Mereles Ruiz Diaz, que está analisando o caso.

O processo foi aberto após denúncia do Santa, na edição de 10 e 11 de maio. A reportagem acompanhou a rotina dos três funcionários durante quase dois meses e verificou que eles não eram conhecidos nas secretarias para onde foram nomeados. No parecer, Brunsfeld informa que os três servidores exerceram as atribuições dos respectivos cargos.

O documento afirma que, pela característica dos três cargos, as funções eram exercidas nos locais "em que houvesse necessidade e para os quais forem requisitados, ainda que de forma momentânea, não sendo necessária e indispensavelmente exercidas apenas na secretaria de lotação".

Quanto ao cumprimento da jornada de trabalho de 40 horas semanais, o parecer observa que o controle da jornada de trabalho dos cargos comissionados é diferente dos servidores contratados. Ou seja, eles não batem ponto. O controle é feito diretamente pelas chefias imediatas - no caso, os secretários e o chefe de gabinete do vice-prefeito - , mediante assinatura de uma planilha mensal da carga horária e estabelecimento de metas e prazos para o cumprimento de tarefas.

O prefeito em exercício também contesta parte do parecer da comissão de sindicância, expedido dia 15 de agosto, que aponta desvio de função na atuação de dois servidores: a ex-gerente de Atividades Administrativas no gabinete do vice-prefeito, Maria Claudete Girardi Meyer, e o ex-gerente de Novos Empreendimentos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, João Alcides Rocha Júnior. A comissão sugeriu que fosse instaurado procedimento administrativo disciplinar por entender que o ato poderia caracterizar improbidade administrativa. Quanto ao ex-gerente de Cartografia, Pesquisa e Informação da Secretaria de Planejamento Urbano, Delcy Norberto Batista, a comissão sugere o arquivamento do processo "por falta de provas".

Nos dois primeiros casos, Brunsfeld alega que a comissão "enveredou para a seara imprópria da razão da instauração do procedimento, ao adentrar no campo da discussão sobre possível desvio de função (...) o que não foi objeto da abertura da sindicância". Em relação ao possível ato de improbidade administrativa, a prefeitura alega que "não há indícios que possam presumir que houve enriquecimento ilícito" e que, assim que a denúncia foi apresentada, os três servidores foram exonerados por iniciativa da própria administração.

A procuradora-geral do município, Marli Ziecker Bento, não quis comentar a decisão afirmando que "todos os argumentos estão no relatório". Questionada se os três funcionários seriam recontratados pelo município, afirmou que "não há notícia disso".

O Santa noticiou:

Na edição de 10 e 11 de maio, o Santa mostrou a existência de três servidores nomeados para cargos de comissão, mas que não cumpriam a jornada de trabalho nos locais para os quais foram nomeados. Eles também não eram conhecidos nas respectivas secretarias.

Anônimo disse...

Justiça concede primeiro direito de resposta na TV




Blumenau - A Coligação Blumenau de Todos, do candidato a prefeito Décio Lima (PT), conseguiu quinta-feira à noite o primeiro direito de resposta na propaganda eleitoral obrigatória na televisão. A coligação ganhou o direito de usar três minutos do tempo total da propaganda da Coligação Faz Blumenau Mais Forte, do candidato João Paulo Kleinübing (DEM). O tempo do direito de resposta deve ser inserido no programa de segunda-feira. O advogado da Coligação Faz Blumenau Mais Forte, Dênio Scottini, entrou, sexta-feira ao meio-dia, com recurso especial junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e com uma cautelar junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para suspender os efeitos da decisão até o julgamento destes recursos.

A concessão do direito de resposta foi concedida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), depois que a coligação petista recorreu da decisão em primeiro grau. O tempo é relativo à divulgação do quadro A Outra Família - onde os personagens insinuariam que o candidato petista estaria oferecendo computadores de graça.

O relator Márcio Luiz Fogaça Vicari entendeu que o quadro distorcia a proposta petista denominada Blumenau Digital, que propõe internet gratuita, bem como computadores públicos, em locais determinados: "A propaganda impugnada leva o eleitor a crer que se estaria prometendo a doação dos computadores".

Anônimo disse...

Prefeitura arquiva caso dos gerentes
Prefeito em exercício sustenta que servidores eram desconhecidos porque atuavam fora das secretarias
GIOVANA PIETRZACKA


é...não é mole não...e o que dizer de um ex gerente da educação q vinha intimidando as recreadores...se não ficassem a favor de JK, poderiam ter certos problemassssssssssssssss!!!!!!!!
Hj trabalha no gabinete do prefeito....

Anônimo disse...

acho que o muro caiu. O zé vai ter que voltar prá São Paulo e o prefeito voltar para Floripa e torcer para o seu figuerense

Phillipe Eduardo disse...

concordo com o Why so serious, acha que nao tem nada haver em usar dinheiro federal, então porque o Joao Paulo não buscou os recursos do Pronase, que ajudaria a combater a criminalidade em nossa cidade, são recursos na ordem de 6,5 bilhoes de reais, O que realmente falta é saber administrar esses recursos, como acontece tambem com a saude.

Anônimo disse...

em Blumenau temos um problema grave de gestão dos recuros federais, pq com 70.000.000,00 este ano pra saude continue as filas nos postos de saude e falta de exames especializados.

Anônimo disse...

no Estado de São Paulo nao saiu nenhuma reportagem sobre a operação influenza muito menos sobre o Decio Lima, é melhor voce ter certeza do que falou, eu tenho assinatura e tento achar a tal reportagem....mentiroso.

Anônimo disse...

existe sim a reportagem, mas olha o que ela diz:

Não há nos autos nada que incrimine Sato e Décio com a trama de operações cambiais ilegais, ocultação de bens, licitações fraudulentas, movimentações financeiras por laranjas e simulação de transações comerciais com emprego de papéis forjados. Mas a escuta federal mostra que eles fazem parte do círculo de amizades e influências do empresário que teria sido o mentor do esquema.

Anônimo disse...

outros que fazem parte do circulo de amizade dos acusados e receberam ajuda nas campanhas são dos DEM, PSDB, PMDB, PP.

Sergio Luiz disse...

Rapaziada, duas coisas vão acontecer daqui a 3 meses.. JPK vai ficar sem emprego e o Figueirinha vai ser rebaixado.

J. Andrade disse...

Alexandre, porque anonimos continuam escrevendo? Será que falta coragem para se expor? Acho ridículo pessoas criticarem, sem se identificar. E querem fazer um país melhor assim? Deem a "cara prá bater", anonimato é lugar para covardes.

J. Andrade disse...

As críticas a saúde em nossa cidade são relativas. Porque? Trabalhei, como c. dentista, em minha cidade natal, Taubaté, por 5 anos no serviço público(detalhe: concursado, não comissionado), e por minha experiência digo que a saúde está falida ou esteve sempre em nosso país. E assim vai ser por bom tempo. Para expor todas as razões, vai espaço. Mas um detalhe: a falta de educação (escola) e a educação caseira, faz com a grande procura por atendimento médico não é necessária por muitos que lá vão. Muitas situações poderiam ser resolvidas se houvesse essa educação. Ocorre que boa parte da população que procura atendimento ambulatorial, procura atendimento não uma ou duas vezes ao mês, mas há casos de 10, 12 atendimentos por mês. Duvidam? Procurem os prontuários. Isto não ocorre só em Blumenau. É Brasil. Quem têm plano de saúde: tente marcar 3 consultas médicas no mesmo mês. Tentem exames rotineiros de um dia para o outro. Não estou aqui para atacar ou defender os prefeituráveis, mas o caos da saúde começa com a falta de educação, reafirmo. Aqui em Blumenau, como a saúde a população colocou como prioritária, é lógico que os opositores ao atual prefeito, vão atacá-lo. E os governantes anteriores? Não fizeram muito diferente ou pior, até. Mas a paixão política, que parece paixão clubistíca, farão com que os opositores ao atual prefeito, vejam só erros. E os defensores do sr. Décio atacarão dizendo que "naquele tempo estava melhor".

ambientalista disse...

Olha só esta é uma piada mesmo os meios de comunicação da nossa cidade são tendencios mesmos e favor do a tual governo , o governo do decio criou as ciclo vias e o atual nada, no que eles disse reubarnização da rua amazonas nenhuma ciclo via foi feita, e ai sai uma materia no Santa dizendo que no projeto 2050 preve ciclo vias poxa ate 2050 rsrsrsrsrsrsrs....

Rafael disse...

Perguntem ao Henrique Zanotto (repórter RIC/Record) se a questão da saúde tem relação com a educação...

Trabalho numa rádio de Blumenau (que não faz parte de nenhum acordo) e sei bem o caos que esta instalado.
Não é exagero não!

CAPITA disse...

Tenho dito que o governo do JPK é "cosmético" porque só garante a aparência, alguns exemplos: Vila Germânica - faltam banheiros (estão construindo agora); Galegão - quadras não são oficiais; Santo Antônio - contruíram a tal laje, mas o atendimento no PS é um caos (por falta de médicos na ponta, na prevenção, no programa Saúda da Família); reurbanização da Rua Amazonas - a infraestrutura é deficeinte (rede coletora de esgoto, falta ciclovia, insegurança total durante a obra) e assim por diante.

CAPITA disse...

O candidato JPK desrespeita a inteligência do blumenauense quando diz que levou água e luz para 80 mil famílias. Façamos uma conta rapidinho: somos 300 mil habitantes, se em média uma família for composta por 3 pessoas, são 100 mil famílias, então antes do JPK 80% da cidade não tinha luz e água. O cara nos salvou das trevas !!!

CAPITA disse...

PARA O SEM MURO

Este negócio de perguntarem tardiamente ao povo quais as sua necessidades não é só demagogia, é pesquisa eleitoral dissimulada. Pensa bem, eles distribuem o formulário, a turma responde e eles vão dizer que tiveram milhares de contribuições para o seu "governo participativo". Mas, se perguntarmos à Professora Dinorah, ela dirá como foi feito o tal Plano de Carreira dos professores - primeiro mandaram que ela consultasse a rede (os professores) depois de uma ano, trabalho pronto, quando ela vai entregar ao JPK, surpresa; haviam contrato a CATHO para fazer o tal plano. Esses caras são elitistas. São mentirosos contumases.

CAPITA disse...

Dear Why so serious:

Realmente não há demérito em usar recursos federais para as obras, mas é preciso ao menos reconhecer isso. Veja por exemplo a "pista azul" do SESI, nada lá diz que mostra que foi feito com recursos do governo central. E o absurdo que está sendo feito com a divulgação da via expressa? A propaganda eleitoral do JPK insinua que foi obra dele. Haviam, no começo do governo dele, projeto e recursos do BNDES para fazer até o viaduto sobre a Br 470. Só concluem a obra (parcialmente) agora e vão inaugurá-la de maneira temerária, com ônibus para fazer o traslado de um lado para o outro. É um absurdo !
Além disso, porque o cara passou tres anos e meio sem quase nada fazer e agora corre pra inaugurar obras de fachada, eleitoreiras?

CAPITA disse...

Povo Amado de Blumenau (como diria o Latinha), olhem só:

Duas visões de mundo, duas formas de governar estão se defrontando em Blumenau, mas o pano de fundo é muito mais amplo. O que está em jogo é 2010. A tal tríplice aliança do Luís Henrique e do Jorge Bornhausen está se rompendo.
Têm dificuldades em Criciúma (terra do Pinho Moreira), em Joinville (reduto do LHS) e em outras grandes cidades. Só permaneceu aqui por intervenção autoritária do governador (e seu projeto pessoal), daí a coisa está assim: é fundamental ganharem em Blumenau, mas o prefeito daqui fez muito pouco em três anos e meio e o pouco que fez foi por ação da ACIB (empresários que nunca foram tão participativos como agora),ou com recursos obtidos com a "venda" da folha de pagamento dos servidores para um banco privado (Hospital Santo Antônio). Então o governador e os empresários de olho em 2010 (campanha para Presidente, governador, câmara e senado) precisaram salvar o governo JPK.
Luís Henrique socorre com recursos estaduais, empresários mandam fazer praça pública, Plano Blumenau 2050, contratam marqueteiro para turbinar o pesado JPK ( conseguiram sugerir que o cara não fala, mas faz, quando ele é tão somente antipático, tem ojeriza ao povo e é incompetente - perguntem aos funcionários que despacharam com ele - o cara sequer consegue interpretar um projeto).
Daí o quadro ficou assim: DEM mais PSDB (que aqui acabou de perder a sua maior liderança – Wilson de Souza, e não tem como chegar ao poder local), mais PMDB (que se juntou constrangido e intimidado pelo governador), mais a maior parte do empresariado local (que apesar de beneficiário das políticas macro-econômicas do governo Lula, tem preconceito contra o PT), os mandatários da mídia dominante (mas não dos jornalistas em sua maioria) e grande parte de uma falsa elite (que se supõe “primeiromundista” e chique), esse todos em campanha por um candidato sem propostas de governo, mas com uma propaganda muito eficiente, baseada em argumentos falaciosos e muitas vezes simplesmente mentirosos.
Mas, há um pequeno detalhe – o povo, aquela parcela da população que se recusa a morrer de fome, do descaso pela saúde, pela carência na educação, quer não suporta se acotovelar em transporte público caro e de má qualidade. E também há aquela parcela da classe média que já percebeu que o trânsito caótico da cidade, tem a ver com o acréscimo de veículos em circulação, mas também com a falta de obras estruturais, por absoluta incapacidade de um prefeito inoperante e ausente. Eu creio na sabedoria popular e a vitória será de quem tem proposta – Décio Lima.

J. Andrade disse...

Reafirmo: criticam o atual prefeito pelo caos da saúde. Isto já vinha com o prefeito anterior. Só ler jornais à época. O que observo, é que a derrota do sr. Décio é eminente, então busca-se justificativas para enaltece-lo. Ora, se JPK não é uma sumidade, o que dizer de Décio que em 3 anos de mandato inicial, teve o escândalo do H. S. Antônio, aumento de favelas em seu governo. Se JPK não agrada a todos, mas não vejo escândalo, até agora em seu governo. Décio não fez projeto e conclusão de avanço para a cidade. Fazer ciclovias que começam do nada e terminam em lugar algum. Parem com a piada. Estadista faz para o futuro, político para o dia. Décio é político, para estadista falta muito. Oito anos de governo para justificar um asfalto de péssima qualidade, terminais construídos em local duvidoso, falta de pagamento à Furb dos bolsistas (lembram?), onde prometeu no debate da Furb em seu primeiro mandato que levaria pessoalmente o cheque dessas bolsas, exclusividade da Kaiser na Oktoberfest,lei que proibiu a construção de lombadas físicas em benefício das lombadas eletrônicas (porque?), e a população carente: quantas casas populares para diminuir favelas foram construídas em seus oito anos. E a dívida com o INSS, confessada em seu governo que JPK teve que pagar para tirar o nome da prefeitura do Serasa, mentira?. Para concluir, ele foi eleito deputado federal, abandonando o mandato e mais, já fez sua contribuição com dois mandatos de prefeito, onde está uma nova liderança do PT criada para seu lugar?

Jefferson.L disse...

Assinando

Jefferson.L disse...

Acompanhando...So pra quem não sabe, se você tiver usuario e senha no blogger, vc consegue ter aviso automatico por email quanto tem mensagens novas aonde vc postou e está acompanhando msgs dos usuarios(Enviar por email comentarios de acompanhamento para jefferson-l (eu) .... :)

Anônimo disse...

qto mais a gente reza mais besteira a gente escuta, pq esse J.Andrade não vai mixa pra dormir....so ta falando besteira.

Anônimo disse...

O Paulo Gouveia que foi derrotado pelo Décio já mandava formulário para seu plano de governo.
O Paulo Gouveia levou uma surra do Decio. Agora O João sem Plano de Koverno faz o mesmo.

Anônimo disse...

cada vez que leio os comentários acredito mais que Ivan Naatz deveria vencer a eleição ... baixaria + baixaria dem um tempo OK.

why so serious disse...

nossa, esse blog está infestado por petista.

Comentários são somente ataques, mesmo ataque colocado várias vezes em vários posts...

A idéia (eu acho) é dialogar, não ficar querendo defender o seu lado, sempre e cegamente.

Qualquer pessoa que falar algo contra o PT será atacado, militância não sabe conversar?

Anônimo disse...

O anônimo1 que falou sobre o programa eleitoral de JPK deve ser um daqueles fantasmas do porto.. o qual anda "doidinho" pra voltar para Blumenau junto com a trupe imensa que invadiu a cidade portuária.
Coisa de petralha!

PC Agrenco disse...

Aí mulambadapetista. Falar em saúde? olhem a administração do Décio. Hipócritas. Eram filas intermináveis, falta de remédios, protestos, HSA nas pgs de Polícia, ônibus levando pessoas para Itajaí fazer exames, anos de espera por exames especializados...procurem as manchetes da época.
Convido-os, agora, a xingar a imprensa nacional, pois o deputado corrupto precisa explicar como recebeu polpudas somas de dinheiro para sua campanha e presentinhos de empresa fraudulenta. Visitem o endereço a seguir e divirtam-se: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20080920/not_imp245153,0.php

Sergio disse...

Caro Pc Grenco, vc deveria se envergonhar de defender o nanico manézinho incompetente. Este sim, INCOMPETENTE, com todas as letrinhas. E vc CEGO, com todas as letrinhas também. Fiquem atentos porque o dia 5 chega cheio de surpresas para vocês. O CASTELO BURGUÊS do nanico está ruindo e quem ficar até o final pode ser soterrado nele. Saudações do POVO para você e mais sorte na próxima!

Anônimo disse...

Saiu no Jornal Estado de São Paulo deste sábado (20) uma matéria sobre os grampos telefônicos que interceptaram as conversas de Décio Lima (PT) e Marcelo Sato, genro de Lula, com Chico Ramos, um dos sócios da Agrenco.

A matéria diz que as interceptações telefônicas sugerem o emprenho de Sato em atender os interesses de Chico Ramos e diz que ele, Sato, e Décio Lima fazer parte do círculo de influencias e amizade do empresário.

A coisa se espalhou e agora virou notícia nacional. Será que Décio Lima vai entrar também com ação contra o Estadão? Se entrou contra o Diarinho e contra o Jornal de Santa Catarina, deveria entrar também contra o Folha de Blumenau e contra o Estadão.

Afinal, todos deram a mesma notícia.



PEGOU MAL



Desde o debate de quinta-feira, na TVBV, que o candidato blumenauense Décio Lima (PT) usa a morte do comerciante Luiz Machado, que faleceu de um suposto infarto, segundo o médico que lhe atendeu, no Ambulatório Geral da Velha, para mostrar que a saúde em Blumenau está ruim.

Não que o candidato esteja falando alguma mentira, mas se utilizar da dor de uma família para tentar angariar alguns votos, aí já é demais.

Dizem que na política os fins justificam os meios. Mas esperávamos que os candidatos não fossem tão longe para conseguirem se eleger.

Desta vez o petista passou do limite!

Anônimo disse...

Pelo que me consta o Décio Relógio Neri de Lima foi tentar subir o Morro da Dona Edite para contar história para boi e petista dormir, foi ENXOTADO de lá... hahahah
O povo não quer mais saber de esmola e cesta básica, de humilhação na fila da assistência o POVO quer trabalho, quer desenvolvimento, não quer migalhas dos petistas...
Ah... e aquele barco que o Décio Relógio mandou botar no Rio Itajaí Açu CADÊ???? E as cestas básicas que aquela Sra. Maria Emília mandou distribuir em troca de votos?

Anônimo disse...

O pessoal do PT deve ter memória curta, só 3 anos e meio, aí critica a saúde do governo JPK, sonhando que eram tudo rosas na administração (ou no tempo que o incompetente do Décio foi prefeito) anterior, 8 anos anteriores.

Ao menos algo ele saber fazer, de um zé roela para milionário em 15 anos, isso não é pra qualquer um, políticos corruptos é que conseguem isso facilmente.

Décio Ladrão Lima é corrupto! Você quer um corrupto administrando sua cidade??

Décio Ladrão Lima ta preocupado em encher o bolso de dinheiro do povo!

Anônimo disse...

Povo Amado de Blumenau

O Décio é tão inescrupuloso que está usando a fatalidade de uma família para fazer campanha política, mas é bem do "tipinho" dele... devia ter vergonha de usar a morte de uma pessoa que tentar ganhar voto...

CUIDADO BLUMENAUENSE O PRÓXIMO PODE SER VOCÊ...

Anônimo disse...

Vamos votar em Décio Lima, o LADRÃO que usa a MORTE, DOR E SOFRIMENTO DE UMA FAMÍLIA em seu programa eleitoral!

Vamos colocar esse monstro como prefeito??

Usuario do SUS disse...

Vamos votar EM JPK Onde pacientes sao mortos nas filas de AMBULATORIOS pois os atendentes nao viram URGENCIA NO atendimento. Agora depois de Morto ele é prioridade. RSRSRSR VIVA JPK ELE FAZ, FAZ VC MORRER.

Anônimo disse...

COMO BAIXOU O NÍVEL DESTE FÓRUM...

ELEITORES DE JPK E DÉCIO LIMA, VOCÊS SE MERECEM...

Rafael disse...

JPK X DNL

O Sujo fafando do mal lavado...

Anônimo disse...

Décio Lima é muito corrupto e JPK é corrupto.

Naatz ainda não é corrupto.

Pra quem vai seu voto?

Castelo Burguês disse...

Décio Relógio Lima... infomamos que os moradores do Morro da Dona Edith estão com saudades de você!

Por falar em saudades... cadê o Manezinho (aquele barquinho que ficava no Biergarden)?

Cadê as ruas do calote que o povo pagou e o DNL não entregou?

Memória é problema de saúde, e pode ser atendido no novo HSA. Que agora não está envolvido em CPI.

Roupa suja se lava aqui e não em Bal. (e super faturada) como a 4 anos atrás...

J. Andrade disse...

anônimo, me encare frente à frente. não me escondo, Ok? Lamento apenas que esse blog permita que anônimos participem. Quantos as "besteiras" que falei, Petinha enrustido, prove que estou errado.

Comandante! disse...

Depois das eleições vai ter muito petralha voltando p/ Itajaí procurando emprego, inclusive de jornalista no porto!!
UAHUAHAUAHUAHU

Edson Cesar da Silva disse...

para começo de conversa, nenhuma familia foi entrevistada com relação a morte da pessoa, o que foi noticiado e é so assistir Alexandre Gonçalves, foi sobre a morte da pessoa inclusive com a manchete do Jornal de Santa Catarina, vamos separar o joio do trigo.

Anônimo disse...

é so olhar as fotos dessa visita no site dele seu otario!!!!!!!!!!

"Pelo que me consta o Décio Relógio Neri de Lima foi tentar subir o Morro da Dona Edite para contar história para boi e petista dormir, foi ENXOTADO de lá... hahahah
O povo não quer mais saber de esmola e cesta básica, de humilhação na fila da assistência o POVO quer trabalho, quer desenvolvimento, não quer migalhas dos petistas...
Ah... e aquele barco que o Décio Relógio mandou botar no Rio Itajaí Açu CADÊ???? E as cestas básicas que aquela Sra. Maria Emília mandou distribuir em troca de votos?"

Anônimo disse...

o endereço é www.deciolima13.can.br

Anônimo disse...

para ser mais especifico, que provavelmente não sabe procurar na net....
http://www.deciolima13.can.br/novo/index.php?pagina=foto&idGaleria=27

Anônimo disse...

é...não é mole não...e o que dizer de um ex gerente da educação q vinha intimidando as recreadoras... (perguntem a elas...se não ficassem a favor de JK, poderiam ter certos problemassssssssssssssss!!!!!!!!
Hj trabalha no gabinete do prefeito

Jefferson.L disse...

essas coisas so acontecem quando as pessoas são coniventes, não reagem, eu ando intrigado como o povo é calado, não corre atrás, não cobra ... ..vamo acabar com essa onda de conformismo!

Deise França disse...

é, pelo jeito o Jornal de Santa Catarina não vai fazer como os outros veiculos de comunicação impressa da RBS, foi o unico dos tres que não mostrou reportagem sobre a internet de graça pra população, ou seja, esta com medo de ajudar um candidato ou de atrapalhar o outro? E a desculpa foi que não tinham espaço! acreditem