terça-feira, setembro 23, 2008

TRABALHO ÁRDUO

MADRUGANDO
A madrugada e o começo da manhã desta quarta prometem muito trabalho para as equipes de produção dos programas eleitorais de João Paulo e Décio Lima. Elas estarão no ambulatório geral da Velha ao raiar do dia, ou mesmo antes. Porque é sempre neste dia, quarta, que acontece a marcação semanal das consultas e as filas que dobram o prédio antes mesmo do nascer do sol. Boas imagens para as câmeras. Ou não.

FORÇA TAREFA
A secretaria de Saúde, através do diretor Marcelo Lanzarim, não confirmou a informação. Mas como a fonte é confiável, especulo. O ambulatório abrirá nesta quarta-feira uma hora mais cedo para a distribuição de senhas ou haverá um mutirão interno de funcionários para um atendimento mais ágil, que faça a fila andar mais rápido. Melhor ainda seria se elas não existissem.

OS LADOS
Se a estratégia de um é “maquiar” o problema, o outro lado deve madrugar na fila para tentar captar imagens e depoimentos que atinjam o calcanhar de Aquiles da administração de JPK.

EMBLEMÁTICO
O ambulatório geral da Velha, por sua demanda populacional e localização geográfica, tem o atendimento sobrecarregado. Desenvolve um monte de atividades legais, com diversos programas preventivos e com boa parte dos servidores dispostos a ajudar. Mas a estrutura é insuficiente para atender a todos que lá vão e é justamente nas quartas-feiras que há mais fila, pois é o dia da marcação semanal de consulta.

EXEMPLO
São vários os aspectos. O principal é que há um problema de gestão. Não há um gerenciamento eficiente que garanta o atendimento mínimo à população. Hoje pela manhã um médico deixou seus pacientes sem atendimento no ambulatório geral da Fortaleza. Para fazer um curso. Ele tem todo direito de se aperfeiçoar , mas o que isto requer? Planejamento e organização. Um sai, outro substitui. Assim é em qualquer empresa, em qualquer serviço. Menos no público. Essa é a realidade.

CALMA LÁ...
Antes que alguns torçam o nariz, o problema de gerenciamento na saúde pública não é uma exclusividade da administração de João Paulo Kleinübing. Muitos problemas também aconteceram na gestão de Décio Lima. Gerenciar o serviço público não é tarefa fácil, por uma série de circunstâncias.

PARA FINALIZAR
Os últimos dois prefeitos, Décio Lima e João Paulo Kleinübing, ficaram devendo à população de Blumenau no que diz respeito ao atendimento na área da saúde.

19 comentários:

why so serious disse...

A saúde no governo JPK está ruim, a saúde no governo Décio Lima também estava ruim.

O problema de saúde pública é nacional, eu acho que há um pouco de exagero ao querer que a pessoa não espere nenhuma fila... acho que ainda estamos bem quando comparado com o resto do Brasil.

Anônimo disse...

Se nesta situação podemos dizer ques estamos bem, me matm por favor, mas sem sofrimento.

Cláudia Antunes disse...

As pessoas que estão comentando aqui são totalmente imparciais. Não aparece ninguém que saiba separar as coisas, ainda mais nessa época de eleição.

O negócio é o seguinte: entra governo, sai governo, o problema sempre será a saúde. Simplesmente porque afeta a vida das pessoas diretamente.

Graças a Deus não dependo da saúde pública. Porém, até quem tem plano de saúde encontra dificuldades. Certos médicos e especialidades só podem ser agendados para daqui a três meses, eu já tive que esperar esse tempo por uma consulta.

O grande problema é que as pessoas querem o atendimento para "ontem", muitas nem se importam se há alguem com mais necessidade atrás da fila.

Não são so políticos que não se importam com os outros. A própria população não se importa com o próximo.

Denise França disse...

São vários os aspectos. O principal é que há um problema de gestão. Não há um gerenciamento eficiente que garanta o atendimento mínimo a população. Hoje pela manhã um médico deixou seus pacientes sem atendimento no ambulatório geral da Fortaleza. Para fazer um curso. O Atendimento so aconteceu depois que a RIC apareceu essa é a realidade, eu tenho uma solução para a saude de Blumenau, o João Paulo coloca a Mariana um dia em cada posto de saude, pq onde ela ta não aparece fila, ou a prefeitura compra um monte de cameras de TV, coloca os logs das empresa de TV da região, assim o problema ta resolvido.

Anônimo disse...

concordo, não so pra saude, pra calcamento de rua, cirurgia de catarata, consulta com ortopedista...chegou reportagem acontece o atendimento.

Edson Cesar da Silva disse...

vai no sindicato de fiação e tecelagem e pergunta como funciona la....mesmo esquema, com marcação de consultas e dentista, so que com uma diferença, não tem filas, e olha que proporcionalmente o numero de pessoas atendidas pelos medicos e dentistas é bem maior que a rede publica, o problema mesmo é de falta de gestão.

Anônimo disse...

O problema na saude é nacional. Já tive que esperar mais de tres meses por uma consulta com oculista, isso que tenho convenio. Dia desses fui no pronto socorro de hospital particular e fiquei 4 horas para ser atendido. Um amigo meu teve que brigar na justiça para conseguir um exame que o plano dizia não cobrir. E é tudo pago.

alberto_luizv disse...

Boa Noite.

Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo Blog.

Em discordância com alguns comentários postados, que acham que uma pessoa realmente resolverá os problemas da saúde em 100 dias e que principalmente não enfrentará fila nenhuma eu lhes digo: é impossível !

Possuo plano particular de saúde e nas ocasiões que precisei me obriguei a esperar mais de meia hora na fila do hospital Santa Catarina.

Saúde é um problema mundial, e acredito que a verdadeira solução está na prevenção às doenças e incentivos a uma vida mais saudável!

Anônimo disse...

Gente, tenho andado nas ruas, Décio cai vertiginosamente depois do carimbo da agrecorrupto. Naatz cresce e ocupa espaço mas JPK vence no primeiro turno

Anônimo disse...

Vamos dar uma chance pro Ivan Naatz discutir suas propostas no 2º turno com JPK. Pq não? Já que o Décio, coitado, não tem mais chance.

Anônimo disse...

Hehehe, o pessoal do JPK tá desesperado, mesmo! Já estão em ritmo de queda faz 15 dias e isso, para eles é dificil assumir. Vamops esperar mas acho que vão levar uma virada sensacional nesta reta final. Fortes emoções para os próximos dias. O comandante de Floripa deve estar mandando reforços pra cá pra salvar o surfista-boçal-dublê-de-prefeito. Se manda JPK... deu pra ti. Esses 4 anos parecem 40. Não terminam nunca. Pega tua incapacidade e volta pra praia da Daniela, seu incompetente. Nem o nome que carregas te salvará, seu inútil!

jc disse...

"Possuo plano particular de saúde e nas ocasiões que precisei me obriguei a esperar mais de meia hora na fila do hospital Santa Catarina." uauuuuuuuuu
que demora hein? Se for meia hora na fila do mac donalds espera sem dar um pio.
O problema noa eh gestao porra nenhuma, ao menos nas emergencias. O problema eh q 80% dos atendimentos em pronto socorro, seja SUS, seja no Santa Catarina, sao besteiras ou coisas que poderiam ficar pra ambulatorio. Sem falar nos que apenas querem um diazinho de folga no trabalho. E posso falar pq trabalho na area.
Quanto aos ambulatorios, eh simples, gente demais pra unidades e medicos de menos. Mas quem vai culpar ou reclamar de um medico que nao quer trabalhar por uma mixaria? Alguem eh obrigado a pegar o emprego que paga menos? O governao que pague o que eh justo. Estah sobrando medico no braZZZil.

Anônimo disse...

Esses 4 anos parecem 40. Não terminam nunca.
rsrsrsrsr ufa......é isso ai...

Anônimo disse...

Com certeza quem diz que nossa cidade está bem no assunto saúde é pq com certeza utiliza de algum plano de saúde ou tem dinheiro para consulta particular.

Ontem tava prestando atenção nos candidatos a vereador do Blumenau mais Forte, achei estranho, os candidato do DEM (25) mesmo partido do Prefeito/Candidato, prometendo dar um jeito na saúde, lutar pela saúde. Pô até os candidatos do mesmo partido do João Paulo Kleinubing sabem que há ingerência.

E prá finalizar, percebi o mesmo que o Alexandre relatou no blog, o Deusdith, não do mesmo partido, mas da mesma coligação de apoio, dizendo que o distrito do Garcia paralizou no tempo.

Paralizou tudo, saúde, distrito, reurbanização da beira-rio, obras com pela prefeitura.

Aliás JPK vem com o slogan não voltar prá trás, voltar prá trás é voltar as 8:00 horas na educação, voltar prá trás, é ter um prefeito que não tem plano de governo, que não fez nada em 4 anos, nem percebeu o que faltou, e agora, a menos de 2 semanas da votação vem pedir pro povo dizer o que tem que ser feito. Ele que vá andar de ônibus, cortar o cabelo no bairro, comer merenda terceirizada, marcar consulta e exames nos postinhos, ambulatórios, policlínica e no "lindo" Hospital Santo Antônio, que ele vai ter uma boa noção.

CAPITA disse...

A saúde pública é um poço sem fundo. Os recursos sempre serão insuficientes. Contudo, é preciso reconhecer que a coisa piorou muito na atual gestão. Basta conferir no site do Min da Saúde a questão dos recursos enviados à Blumenau e a cobertura alcançada com esses recursos. É flagrante: os recursos dobraram e a coberura aumentou mísero 1%.
A falha básica está na extinção das equipes que atuavam na prevenção, visitando as famílias. De nada adianta contruir prédios, sem investir no pessoal,em equipamentos e remédios. O Santo Antônio é prova disso. Perguntem ao sindicato dos médicos e saberão o que realmente está acontecendo com a saúde, especialmente em relação ao Santo Antônio.
Para encerrar, é patético a torcida de alguns para que o segundo turno seja entre o Ivan e o JPK. Ou será medo de enfrentar o Décio no segundo turno?

Anônimo disse...

Passei essa madrugada (pelas 4 da manhã) pelo ambulatório da velha e o que pude observar foi uma guerra de luzes e cameras, cada um buscando dar razão a sua verdade. Mais curioso do que uma curuja, fui ver porque daquele "Aue" já que na frente do ambulatório tinham apenas alguns gatos pingados. Minha surpresa foi quando eu vi as pessoas formando fila na prate de tras do ambulatório, e uma imangem que me chocou muito foi ver uma senhora e um senhor de idade carregando um banco para não ficarem de pé até as 6 da manhã, como publicado aqui no blog que seria o novo horario de atendimento nesse periodo eleitoral.... Muito estranho... Só para constar, não defendo ninguem, mas a equipe do JPK era de umas 15 pessoas e a do Décio tinha só uns 3ou 4. Até a colega de emissora do Alexandre estava lá madrugando... Sem perder sua beleza é claro.

Anônimo disse...

aposto dez contra cinco que o Naatz passa o Décio !

why so serious disse...

Força, Naatz e JPK no segundo turno!

Anônimo disse...

Ontem, a tarde, no morro da Nova Esperança, lá estavam o Sr. Décio Neri de Lima e a Sra. Maria Emilia de Souza, com o seu pessoal, fazendo campanha... COITADOS! A população não botou nem o nariz para fora para cumprimentar os ilustres "companheros"... diferente do JPK que todo mundo sai de dentro de casa para abraçar, beijar e tirar fotos com o futuro prefeito de Blumenau.