segunda-feira, outubro 06, 2008

JOÃO PAULO PREFEITO

CARA DE GERENTE
São muitas as razões que levaram João Paulo Kleinübing a vitória e não sei se conseguirei traduzir todas neste espaço. A primeira é sua administração, com obras de grande visibilidade e uma gestão relativamente serena. Sem nenhuma polêmica que lhe arranhasse, JPK construiu a imagem do administrador. Que é, em última instância, o que as pessoas querem de um prefeito.

LEQUE AMPLO
Construiu um arco de aliança com quatro dos cinco maiores partidos da cidade. Com exceção do PT, DEM, PSDB, PMDB E PP estavam com João Paulo. Não é possível dissociar a eleição do Legislativo com a do Executivo. A coligação vitoriosa na majoritária fez 12, dos 15 vereadores. Pedra cantada desde o início por este blogueiro. A visibilidade das placas não era pouca coisa. Era trabalho, sobretudo, de candidatos à Câmara.

ESTRUTURA
Obviamente quem comanda a Prefeitura tem vantagem por contar com a máquina pública, mas isso nem sempre acontece, vale lembrar a derrota de Édson Adriano. Mas quando bem trabalhada, ela é sim uma arma importante. Foi o caso.

RUMO
Estratégia. A campanha do prefeito reeleito teve começo, meio e fim. Construiu os acordos que permitiram o maior arco de aliança. Quando a campanha começou, saiu na frente espalhando placas pela cidade, mais visíveis e em uma quantidade bem superior que a de qualquer um. Na televisão e no rádio saiu batendo em seu principal adversário ao mesmo tempo em que dizia o que sua gestão tinha feito. Quando os números melhoraram, o discurso suavizou e a imagem do administrador João Paulo foi sendo humanizada. Quando viu que podia ganhar ainda no primeiro turno, os ataques do adversário foram ignorados. Isto é estratégia e das boas.

NÃO É COMIGO
Estratégia é também colocar as coisas para baixo do tapete, como foi feito em alguns casos, como os problemas da saúde.

GRANA
Bom, isso tudo que eu falei acima revelam duas situações que são a essência do sucesso de uma campanha eleitoral. Com quatro partidos fortes na base, sendo que um tem a máquina do Governo do Estado aqui e o outro administra a cidade, está montada a base para uma empreitada de sucesso. Desta relação é que sai o financiamento que gera a estrutura para se pensar as melhores estratégias.

PERDIDOS
Por outro lado houve uma série de erros por parte da campanha do principal adversário, Décio Lima. Também merece um capítulo à parte, que não farei agora.

NÃO SE CRIOU
E outra situação é que deve ser levada em conta é que a candidatura de Ivan Naatz não deslanchou, o que poderia forçar um segundo turno. Apesar da campanha correta e de propostas de bom apelo popular, o candidato da Coligação Salve Blumenau fez 13.664, ou 7,72% dos votos. Faltou carisma para Naatz, mas fez bem seu papel.

DARI
Em um determinado momento, fiquei preocupado que Dari Diehl ficasse atrás de José Ouriques, mas felizmente isso não aconteceu. O candidato do Psol fez 1280 votos, menos de um por cento. Mas ficou a frente de Latinha, com 509. Não merecia nenhum.

17 comentários:

Anônimo disse...

Venceu o melhor!
Décio pode pegar uma boquinha em Gaspar, pena que não tem porto na cidade vizinha, hehehe.
Naatz viajou de mais, esqueceu de botar os pés no chão.
Quanto aos outros 2 podem repensar suas candidaturas, talvez camara de vereadores.

diegoodorizzi disse...

Olha, o caso do Naatz foi a parte. Acho que, se JPK não estivesse concorrendo, acho que haveria grande chance do Naatz vencer a Eleição, tendo em vista que grande parte (incluindo eu), votaria nele.
Seria a disputa 2012 Jean Kuhlman x Ivan Naatz? São cenas dos próximos capítulos.
Quanto a imagem do candidato, concordo com o Alexandre. O povo quer um administrador, que passe segurança e respeito , e ao mesmo tempo com carisma e humanismo.
Os resultados estão aí, todas as teorias de conspiração foram por água abaixo, e espero que possamos agora mais do que nunca, continuar a colher os frutos de uma boa administração.

Anônimo disse...

Na verdade estávamos mal de opção, DEM E PT brigan nacionalmente e sem moral nenhuma continuam degladeando, o DEM(PFL)com seu sistema coronelista e o PT com empreguismo danado, então venceu relamente o melhor no momento, mas para a estoria fica chato Blumenau novamente na mão desta gente, porem, 63% não é brincadeira e parabens ao JPK, o momente é dele.

Anônimo disse...

Alexandre, venceu o melhor, venceu quem tinha estrutura e experiência. O Décio foi irresponsável durante toda a campanha. Quanto ao Naatz, quero discordar de você, com a estrutura que diminuta que tinha foi bem, triplicou o número de votos e segue no seu objetivo (conforme estrevista do santa de hoje) SER DEPUTADO ESTADUAL. No mais parabens, entre erros e acertos foi bem, abs

Xnet disse...

JPK Venceu!
Venceu pela campanha que visivelmente foi 1000x melhor! Venceu com ajuda da coligação!

Esperamos que tenha algo a trazer que nesse quatro anos não fez!

Boa sorte! Daqui quatro anos será o "juizo final"

Anônimo disse...

xnet tem razão, agora temos que começar a cobrar. Não podemos esperar 1o de janeiro. Ele tem q se mexer já!!! Ganhou, agora me aguente.

Rafael Mueller disse...

Acho que agora os ânimos vão se acalmar e a paz retorna ao blog :D

Alexandre, parabéns por toda cobertura durante essa eleição!

Maurício disse...

Venceu também o blog de Alexandre Gonçalves. Além de democrático, livre para opinar, independente de manifestações, diria, quase quase "cabeludas" no calor das discussões, apenas se resume: É O MELHOR !!!!! Parabéns, prezado jornalista.

Anônimo disse...

Décio garante segundo turno...

Na Bungue alimentos da 1:30 às 10:00 da noite, descarregando soja.
Mas para garantir a permanência vai ter que suar a camisa.

Anônimo disse...

Que era aquilo no Jornal do Meio Dia? Precisavam se declarar tão apixonados pelo Joãozinho? O Alexandre José quase gozou quando viu o PATRÃO ao vivo e a cores. O Gonçalves até se conteve, mas tava na cara dos dois a felicidade. Viva o Reino do KKKleinubing.

Anônimo disse...

Tudo bem, tá certo, vitória nada questionável, mas vamos nos controlar.....uma emissora de imprensa não pode se declarar tão abertamente "puxa-saco" de um prefeito.
Voc~e como editor deveria controlar seus apresentadores pois seu público é a cidade de Blumenau e não apenas os eleitores do JPK e de seus novos vereadores.
Desejo que eles façam um ótimo governo, mas principlamnete que a imprensa blumenauense se mantenha crítica e imparcial.
Cristiane Roveda Gonçalves

CAstelo Burguês disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Nada que algumas ações populares não resolvam nos quatro próximos anos!!!

Ana disse...

Ow... essa Brasmarket é ruim mesmo... tava totalmente errada mesmo!!!

Não era 57% mas sim 63%... ow bando de ruim...

Falando nisso... cadê os petistas do blog... sumiram com o Décio?

Anônimo disse...

Realmente esta eleição vai entrar para a historia de Blumenau. Por nada menos do que O Latinha - o que era aquilo, um aborto da politica local, uma visão do apocalipse da politica?, Viajei para Joinville dias atras e todos gozavam da minha cara por causa desse tranca rua. Não entendo como um partido pode lançar uma coisa dessas para candidato, a não ser que seja um partido de kamicases suicidas. Espero que na próxima eleição não tenhamos que ser submetidos a tamanha humilhação com um candidato desqualificado concorrendo ao cargo maximo no municipio. Quanto aos outros candidatos, tenho apenas que parabenizá-los pela sua atuação. Apresentaram propostas e programa, para alguns faltou recursos, mas o que vale é que são pessoas até onde eu saiba neste momento honestas e merecem nosso respeito. Tiveram a coragem que muitos partidos maiores não tiveream - a de lançar candidatos próprios, contentando-se com possiveis cargos pré-negociados e fatiados entre os aliados. Espero que o prefeito reeleito corrija erros do primeiro mandato daqui pra frente. A saude não pode ser o tema que vai dominar as eleições para 2012 por estar igual ou ter piorado. Desejo sucesso e bon senso aos eleitos e que lembrem de trabalhar pelo povo, não dos que lhe apoiaram, mas aqueles que votaram e acreditaram neles.

Anônimo disse...

2012 vai ser de arrepiar as eleições para prefeito. Não vai haver reeleição. Serão candidatos virgens. O mais importante é que surgiu novas liderança jovens. Tal com Napolião, Fabio Fídler, Juvino Cardoso, Ivann Naatz, Tomelim e ainda Ismael.
Vamos ter um jovem prefeito.A velharada acabou em Blumenau. Os caciques não conseguiram mais segurar a rapaziada. Blumenau desta vez vai ter sangue novo. Parabens Blumenau.