sexta-feira, novembro 07, 2008

ESGOTO PRIVATIZADO


DEBATE AMPLO. SERÁ?
Sobre a privatização do sistema de esgoto em Blumenau, projeto protocolado no dia 27 de outubro pelo Executivo, tanto o prefeito em exercício, Édson Brunsfeld, quanto o presidente do Samae, Luis Ayr, prometem um amplo debate junto à sociedade. Imagino com isto que o projeto não deva ser votado este ano, visto que falta pouco mais de um mês para o final da atual legislatura.

TRANSPARÊNCIA JÁ
Está no projeto que deverá haver um amplo debate sobre o tema, mas somente na hora de definir o processo de cedência para a iniciativa privada. Mas defendo o aprofundamento do tema antes de se autorizar à Prefeitura a entregar o serviço para o empresariado.


O petista Vanderlei de Oliveira também recomenda maior cautela e mais debate sobre o tema. É o que tentará fazer ainda agora, com os dois colegas de bancada, Na próxima legislatura será pior ainda, pois será só ele e o estreante Vânio Salm.

5 comentários:

Anônimo disse...

Quando o então candidato a vereador Roberto da Luz, pelo PDT alertou na tv sobre a cobrança em cima das contas de água, parece que a maioria fez pouco caso. Acontece que o Prefeito Perfeito, botou na cola da população e ninguém se ligou ainda. Vem aumento de 30% sobre a tarifa de água na conta de todo mundo. TRINTA POR CENTO. E ele tem a cara-de-pau de ir na tv dizendo que está fazendo mais. Ora, queridos, quem está fazendo somos nós mesmos que vamos pagar o preço salgado de uma obra eleitoreira que era no mínimo OBRIGAÇÃO do alcaide. Sinceramente, que enorme BESTEIRA a povo de Blumenau fez.... um verdadeiro TIRO NO PÉ.

Anônimo disse...

Parabéns ao prefeito. A idéia é boa. Infelizmente muitos ainda não se deram conta de que o meio ambiente precisa ser preservado e temos de fazer a nossa parte. Somente os mais ignorantes esquerdistas é que não conseguem entender que a privatização melhora os serviços, pois os órgãos públicos são dinossauros e não prestam serviços de qualidade.

paladino disse...

O grande terror no Brasil é que qualquer benfeitoria, como deve ser o caso do esgoto em Blumenau, é tudo sempre muito bem cobrado.
Recebi tempos atrás um e-mail onde dizia que nos EUA os americanos pagam bem menos que nós pelo fornecimento de água.
Estamos em um país cujo salário mínimo é um pouco mais de 400 reais.
Tarifas e impostos no Brasil são nitidamente abusivos e o salário um verdadeiro castigo.
A duas únicas saídas são o conformismo ou o aeroporto.
Um país tão belo repleto de humanóides fecais.

Anônimo disse...

Alexandre lendo a Matéria do final de Semana feita pelo reporte Everton Siemann muito boa por sinal, tive conhecimento mais afundo do assunto, concordo com a privatização sim pois sei que talvez aja melhoras, mais concordo ainda mais com o vereador Vanderlei que solicita uma discussão mais ampla como ele mesmo aponta são em torno de R$ 300 milhões para este processo de privatização, temos que conhecer o verdadeiro projeto será que é isto mesmo que o executivo esta colocando que vai em Pauta de votação? E o dinheiro do PAC onde fica nesta História pois o governo federal também investiu em saneamento conforme diz a matéria aonde vai parar este dinheiro? entaum apoio o verador Vanderlei de Oliveira em querer aprofundar a matéria por quê depois de aprovado não adianta reclamar!!!!!

Anônimo disse...

Olha povo, se falam em 300 mi, pode ter certeza que a iniciativa privada faria bem mais barato, não acreditem nesta gente por favor, eles não sabem gastar, e tanto faz se DEM=PFL ou PT ou quem quiser, a siranda é grande, prestem atenção.
Blumenau tem aproximadamente 100.000 residencias, este valor que falam dá mais ou menos, R$ 3.000,00 por residência, será que os canos e mão de obra custa isto mesmo? Precisamos de políticos que fiscalizem isto, acho que nosso dinheiro deve ser bem gasto, se for isto tudo bem, mas será?