sexta-feira, dezembro 19, 2008

SINTRASEB

O LADO DE COLASSO
Segundo o novo coordenador-geral do Sintraseb, o afastamento de Dione Borchardt Gonçalves do comando foi um processo natural e democrático, previsto no artigo 23 do estatuto do sindicato. Carlos Colasso diz que dos sete representantes do colegiado, seis se fizeram presentes na reunião de sexta-feira da semana passada, apesar de dois se recusarem a assinar a ata. No voto, três diretores decidiram pela mudança contra dois que queriam a permanência de Dione. Os votos que faltam nesta conta são o de Colasso e Dione.

POUCA AÇÃO
O motivo, segundo o novo coordenador, seria a falta de trabalho na base por parte de Dione. ‘“Estávamos sendo cobrados por isso”, afirma Colasso, que é agente de vigilância, lotado na Secretaria de Administração.

MAIS TEMPO
Sobre a troca da assessoria jurídica a explicação é que o escritório do advogado Antônio Marchiori atendia apenas dois turnos por semana. Agora o escritório de Cláudio Silva e Albanesa Tonet passará a dar expediente na sede do sindicato duas vezes por semana, período integral. Nos demais dias será possível agendar atendimento do escritório.

SALÁRIO
O custo da assessoria permanece o mesmo pago anteriormente: R$ 8 mil mensais.

NEM NO SITE
A informação é tão em primeira mão que nem no site do Sintraseb está. É só conferir: www.sintraseb.org.br

3 comentários:

Anônimo disse...

É uma pena pois faz muito tempo que o sintraseb não estava tão bem administrado quanto agora com duas mulheres a frente das finanças. Foi comprovado mais uma vez que as mulheres sabem fazer a diferença.Vamos ver como é que fica daqui pra frente;vamos ficar de olho.

José disse...

É uma pena que o SINTRASEB tenha se tornado uma grande disputa para ver qual escritório prestará assessoria juridica ao servidores.
O que mais chama atenção é que em trez anos, tres escritórios passaram e coincidencia ou não sempre aliado a queda de uma dos coordenadores.

Anônimo disse...

Olha!

Voces todos me desculpem, mas, eu tenho certeza absoluta que o Sr. Colasso, nao tem condições mínimas de assumir a coordenação do Sintraseb, nem hoje, nem nunca, e também algumas outras atitudes que estão sendo tomadas por ele e "companheiros" que estão até contra a lei.
Aguardaremos e veremos.........
Com certeza como está o sintraseb hoje está bem melhor que muitos tempos atras, pq Colasso e amigos nao pensam na gente "servidores" ao invés de ficarem pensando em pegar um "dindin" a mais........
??????????????