quinta-feira, janeiro 01, 2009

POSSE

MALANDRO
Quando soube que a TV Legislativa, comandada pelo meu amigo Tico (o cara que mais entende de Televisão e vídeo em Blumenau), iria transmitir a solenidade de posse dos eleitos, guardei o terno no armário e preparei-me para acompanhar o primeiro fato político de 2009 pela telinha. Sem bastidores, segue o que vi, ouvi e percebi do que foi a cerimônia pela transmissão da TV Legislativa.

FOCO
“Recuperar a dignidade de um lar”. Essa foi a expressão usada pelo prefeito reeleito para resumir seu principal compromisso. João Paulo (DEM) disse que esperança é a palavra que simboliza este novo momento, mas fez referência às medidas duras que terão que ser tomadas. Deve se referir à interdição definitiva de algumas áreas e a relocação de milhares de pessoas que perderam quase tudo. Será um processo penoso.

PRESENÇAS E AUSÊNCIAS
A Câmara Municipal estava lotada de familiares e colaboradores, cerca de 300 pessoas. Nas imagens a alegria do vice, Rufinus Seibt (PMDB), contrastava com o já conhecido jeito mais calado de João Paulo. Os deputados estaduais Jean Kuhlmann (DEM) e Giancarlo Tomelin (PSDB) (nem sabia que estava no exercício do mandato, mas foi apresentado como tal) participaram, mas a colega petista Ana Paula Lima não. Décio Lima (PT) e João Pizzolatti (PP), nossos representantes na Câmara dos Deputados também não.

SINUCA
Na fala dos vereadores representando a bancada (seis no total), boa parte do tempo foi reservada para agradecimentos, principalmente a familiares. Destaco a fala de Deusdith de Souza, pelo PP, sobre a catástrofe da chuva e os servidores públicos: “tenho certeza que ele vai encontrar uma solução para ajudar os servidores, que não tem direito ao FGTS”, referindo-se, obviamente, ao prefeito JPK.

OPOSIÇÃO
A única bancada realmente oposicionista, a do PT, foi representada por Vanderlei de Oliveira, que prometeu que ele e seu colega iniciante Vânio Salm serão fiscalizadores e propositivos. O governista Roberto Tribess, único vereador do PMDB, criticou indiretamente a administração ao afirmar que se o dique da Rua Gustavo Lueders estivesse concluído, as comunidades da Fortaleza e de parte da Itoupava Norte, não teriam sofrido tanto com a chuvarada de novembro.

EMOÇÃO
Por fim o também estreante Zeca Bombeiro, único representante do PDT, provocou aplausos ao lembrar sua atuação no resgate de sobreviventes no Morro do Baú e no final da fala engatou o Pai Nosso para todos os presentes. Foi o momento de maior emoção.

CONFIRMAÇÃO
Terminada a cerimônia de posse, o prefeito e vice se retiraram, assim como os seus convidados. Os vereadores então se reuniram e escolheram a mesa diretora. ( Na verdade é uma eleição, mas como a maioria governista é tão ampla, depende apenas dela a definição). E foi o que aconteceu, conforme eu anunciei essa manhã. Jeans Mantau (PSDB) na presidência, Roberto Tribess(PMDB) na vice, Fábio Fiedler(DEM) e João José Marçal (PP) como primeiro e segundo secretários.

POLÍTICA
Na eleição, feita para referendar a chapa única, os vereadores tinham que se pronunciar sobre o voto e muitos aproveitaram para engatar mais umas mensagens. Destas, pincelo a de Napoleão Bernardes (PSDB), a única, ao meu ver, que tratou especificamente dos fundamentos elevados da política. Ao confirmar o voto na chapa, Napoleão destacou o respeito à fidelidade partidária e ao princípio Republicano da harmonia e independência entre os Poderes.

DO OUTRO LADO
A bancada do PT optou pela abstenção, o que confirmou a vitória de Mantau com 13 votos, que em tese serão os votos de João Paulo. Segundo Vanderlei a posição é para protestar pela falta de respeito à diferença, certamente se referindo à ausência da oposição na mesa.

FIDELIDADE
No discurso de posse Jeans Mantau destacou o partido dele, PSDB, reconhecendo que seu nome saiu de uma construção partidária a partir de um desempenho destacado da legenda nas urnas. Fica até 2010.

EM ALTA
O segmento de tradições em Blumenau ganha peso ao eleger dois representantes e tê-los no comando do Legislativo. Tanto Mantau quanto Tribess têm suas bases nos Clubes de Caça e Tiro.

INCERTEZA
Quem comandou a sessão foi o vereador mais votado, Jovino Cardoso (DEM). Ele ressaltou a fidelidade ao projeto de JPK, mas não sei não. Jovino sonha com voos mais altos, que talvez não sejam do interesse da cúpula do partido e assim, os conflitos podem aparecer, até pelo temperamento do vereador.

24 comentários:

Anônimo disse...

É fácil jogar com cartas marcadas!!! JPK e sua corja!!! A única coisa realmente séria e sensata, é que o TICO é o cara!!!

Adriano disse...

Nos bastidores o PMDB mostrava sua apreensão. É incerto o tamanho da sua presença no governo. Será que o partido vai ficar só com "as vices"?
www.adrianomendes.com

ARTILHEIRO disse...

Cuidado com o Rufinus Seibt. Quando vereador votou a favor do aumento de salário dos vereadores. Se substituir o prefeito ele, provavelmente, sancionará qualquer proposta da câmara municipal.Olho nele!!!

Paulo disse...

Fica uma pergunta e uma Dúvida, por que não se cria uma mesa legislativa também com vereadores que representam oposição? seria com crteza mais fácil de fiscalizar e legislar pois este é de fato trabalho de nossos vereadores. Pois uma mesa toda alienada ao executivo fica difícil de saber se estão fazendo e falando a Verdade!!!

Anônimo disse...

Só mudou o ano. As vaquinhas de presépio de JPK que estyão no legislativo são quase todas as mesmas. As caras novas não vão se opor ao prefeito por interesse político. Será a reedição da legislatura passado onde dos 14 apenas 4 eram oposição - Vanderlei, Isaltino, Maria Emília e Ângelo Roncáglio

Anônimo disse...

Fico imaginando como os DEMO se sentiram rezando um PAI NOSSO! Bando de Ladrões anti- cristo!JPK está passando a mão nas doações feita pelo brasil para os desabrigados!

Anônimo disse...

Esses petralhas destilando seu veneno comunista neste blog é uma das coisas que mais metem nojo!
Vão trabalhar vagabundos!

Anônimo disse...

é que eles já estão desempregados ...


e PROCURAR por trabalho é uma coisa que eles não sabem fazer ...

são acostumados a ganhar "boquinhas" aqui e ali ...

Anônimo disse...

O que mais mete nojo é a contra argumentação dos DEMOS que não conseguem sustentar qualquer crítica efetuada e vem com essa " coministas e blá blá blá..." da próxima vez vão dizer que os comunistas estão comendo criancinhas, como já foi dito por eles. Vão estudar e ler um pouquinho para poderem fazer uma crítica um tanto quanto construtiva ou até um debate inteligente, senão vamos ter que concordar que os comunistas estão comendo as criancinhas do DEMO

Anônimo disse...

interessante...

tem um idiota petista aqui no blog que só posta falando em "bunker" "heil" e etc...

esse tipo de petista deve ser bem inteligente também ... fruto da escola sem fronteiras, e/ou fábrica de burros ... como preferir.

Anônimo disse...

Para o imbecil acima!!! Heil!!!

Anônimo disse...

ao anônimo acima:

vc acaba de confirmar minha teoria. Obrigado!

Anônimo disse...

Mais uma para o imbecil acima.
Mas é essa a idéia! Sempre confirmar a teoria dos insanos e crentes, para que os Dominantes possam exercer seu poder. Heil!

Anônimo disse...

me diz uma coisa: como é que tua mãe te atura?

isso tudo é ciúme por estar desempregao? o teu partidinho mal conseguiu fazer 2 vereadores? faltam "bocas" para todo mundo?

hahahahhaha

só tenho a rir do desespero dessa cacalhada ...

só sobrou a internet para chorarem ... chorem, mas chorem bastante ... serão 4 anos longos ...

Anônimo disse...

Mais uma para o imbecil acima.
Minha mãe me atura porque a tua me sustenta, todos so vícios.

Anônimo disse...

filho de escola sem fronteiras é isso ... só sabe responder sem criatividade nenhuma ...


VAI TRABALHAR PETRALHADA !!!

Anônimo disse...

Para terminar com o imbecil acima.
Escola SEM FRONTEIRA, deve ser algum programa implantado e ou de criação de uma força conflitante, que causa inveja e dor de cotovelo nos GESTAPIANOS liderados pelo BUNKER! HEIL!!!

Anônimo disse...

sim, devemos ter muita inveja de quem é BURRO e ignorante, que estuda em um método de ensino sem "pé nem cabeça", onde a maior preocupação do estudante é saber que horas que é o recreio, já que provas e avaliações não existem!

mas continue com seu vocabulário limitado (bunker, gestapianos, heil e etc) perdendo tempo na internet, já que vc estará desempregado pelos próximos 4 anos, esta será sua única ocupação ... você terá muuuuuiito tempo para chorar... quem sabe até você aprenda umas palavrinhas novas nesse período ...

Ps.: e não esqueça das novas regras gramaticais!

Anônimo disse...

Imbecil acima!
Pedirei as novas regras na primeira vez que voltar a encontrar sua Genitora, na posição preferencial em decubito dorsal.

Anônimo disse...

Tenho assistido e lido a discussão destas duas sumidades de ignorância. Proponho um cocho, forrado de inergumenos, assistidos por pamonhas e militantes dos dois lados, acompanhados de "sacos de merda" para que sejoguem um no outro. Tenho absoluta certeza de que os dois, irão adorar a experiência, e nunca mais voltarão a discutir besteiras e palahaçadas em um meio decente de comunicação, como este Blog.

Anônimo disse...

Pergunto ? Decubito dorsal é de costas e bumbum pra cima ? A mãe deste anônimo, gosta mesmo ?

Anônimo disse...

Para o imbecil de sempre, aproveitar em seu retiro espiritual de saber e viver, pelos próximos 04 anos, enganado o povo com a mentira deslavada aplicada nas urnas, complementada pelo engano nacional sobre a LEPTOSPIROSE do nosso, eleito, "deusanão".
"Vizando os termos hiperbólicos que o vernáculo me faculta, e lançando mão das caracteristicas inerentes da minha propíscua presopopéia, devo comunicar que estes termos metáfisicos e arcaicaos, não qualem com a qualides perzótica do meu pensar."

Anônimo disse...

Ô Alexandre! Vais deixar estas "meninas" se rasgarem ? Já e cuspiram, tentaram se afogar e agora partem para o vernáculo. Tens de informar as duas que :vernáculo
ver.ná.cu.lo
adj (lat vernaculu) 1 Próprio do país a que pertence; nacional. 2 Próprio da região em que está. 3 Sem mescla de estrangeirismos (falando da linguagem); genuíno, correto, puro. 4 Que, tanto no falar como no escrever, observa rigorosamente a pureza e correção da linguagem. sm Idioma próprio de um país.
E não algo que sirva para satisfação pessoal, como "consolo", porque em Latim elas não vão entender.

Anônimo disse...

vermelho desempregado é assim !