quinta-feira, fevereiro 12, 2009

GERAL

VOLTA AO TRABALHO
Depois de quase oito horas de negociação hoje pela manhã e ontem no final da tarde mediada por um Procurador Federal do Trabalho, empregados e empresários chegaram a um acordo. A proposta foi aceita pela categoria em assembléia realizada faz pouco no terminal da Fonte e os ônibus voltam a circular pelas ruas de Blumenau.

A PROPOSTA
Os 8% de reajuste linear para todos prossegue, sendo que cobradores da Glória e Rodovel terão um aumento imediato maior, 9,7%. Como as empresa já estavam pagando 7,5% de reajuste desde novembro, agora serão pagas as diferenças. Na folha de pagamento de março, paga no começo de abril, esses trabalhadores receberão mais 4%, e os motoristas dessas duas empresas terão 2% de aumento. O objetivo é equiparar com os funcionários da Verde Vale. Ainda não tenho conhecimento das cláusulas sócias.

SEM RAZÃO
Fico pensando neste caso quem tinha razão, se é que alguém tinha uma. Precisou a população sofrer um prejuízo grande para que houvesse o acordo. Pena.

INSENSIBILIDADE
Terça-feira a passagem sofrerá o reajuste de 12%. Sei que estava previsto, mas não era o caso das empresas terem um pouco de sensibilidade social com a cidade, ainda sofrendo os efeitos da chuva de novembro? E o Seterb, que se posicionou fortemente contrário a mobilização dos trabalhadores, não deveria ter interferido para conseguir uma condição melhor para o bolso da população?

23 comentários:

Anônimo disse...

mais uma vez fica provado "sem luta" não se consegue nada. Parabéns a categoria, parabéns ao líderes sindicais.

Anônimo disse...

O SETERB tem sido um instrumento das empresas. Quem ouviu o Presidente da entidade hoje pela manhã nas rádios da cidade, notou que as permissionárias não necessitam de advogado o Rodolfo (PMDB) faz este trabalho por eles, piada.

Adriano disse...

A categoria utilizou-se da impopularidade do aumento da passagem de ônibus para catar um ou dois ponto s de aumento salarial. Também foram manipulados politicamente.

Anônimo disse...

Alexandre! Acreditas em papai Noel, coelhinho da Páscoa e Branca de Neve??? Agora mesmo é que venm os 12% e na planilha, vai ser apresentada mais uma suplementação de mais 12%. Quem viver, verá!!!

Joana disse...

Concordo com vc Alexandre, ambos os lados estavam errados.

Anônimo disse...

os motoristas e cobradores estão certos. Nós é que somos um bando de otários, aceitamos tudo passivamente, nos fazem de gato e sapato, reajustam indevidamente a passagem e aceitamos tudo sem pestanejar, somos, certamente, um bando de otários !!!

Jonathan disse...

Tá e na real o pessoal da Verde Vale é punido nessa história? Por que os funcionários da Glória e da Rodovel não mandam currículo pra Verde Vale? Me parece que esses funcionários da Verde Vale é que pagam o pato e vão ficar uma eternidade sem aumento... Outra coisa, os grevistas dessas empresas sempre alegam que não é pelo aumento de seus salários que lutam e sim por um serviço melhor. Santa hipocrisia, reajuste anual todas a categorias tem, mas essa ciumeira entre empresas causar este caos... por favor.. Sou a favor das grandes empresas desta cidade contratarem serviços privados de transportes para funcionários, tudo que é privado funciona melhor, não há greve!

Anônimo disse...

Isso ta virando circulo vicioso - os trabalhadores pedem sempre mais e as empresas dão porque depois aumenta a passagem e quem paga é nos. Empresa e empregados tão errados.

Anônimo disse...

O pessoal que perdeu dinheiro com a greve é que deveria se rebelar, realmente é um círculo vicioso. Se fosse outra categoria fazendo greve o pau quebrava, mas sem ônibus não tem como o povo quebrar o pau...

Jota Lopes disse...

Não só o presidente do SETERB - Rudolf Clebsch que representava os grandere permissionários do Transporte Coletivo de nossa cidade. Quem ouviu o apresentador e radialista Joelson dos Santos, parecia estar ouvindo aos advogados das empresas. Eu o tinha no mais alto conceito, mas talvez por interferência das emissoras que ele trabalha - que são da família Vieira - e ligados ao PSDB, base de sustentação do JPK, o Joelson teve que se prestar a esse papelão de se colocar visivelmente contra os trabalhadores. Ponto negativos para o SETERB, Rádio Nereu Ramos e Joelson dos Santos. Ponto positivo para a categoria e os sindicalistas que mostraram sua força com unidade, bem como à população que soube entender os motivos da greve.

Anônimo disse...

Ei Lopes sei lá do que.. Deixa de ser Burro e analisa. A nossa cidade tem excelentes padroes de qualidade de vida em muitos aspectos, tudo bem teve um decréssimo grande no governo PT. Nossa cidade é linda, porque tem gente trabalhadora, desde q o pt passou por aki começou esses fuzuÊ toda hora. A família Vieira é respeitada por aqui porque trabalha é honesta, assim como a maioria das famílias de Blumenau. Ter dinheiro nem sempre representa desonestidade, nossa cidade tem muita gente que tem grana e proporciona cada vez mais melhoras pra cidade.. Vc desconhecido deve ser algém q fez muito pela cidade né!

Jota Lopes disse...

Posso ser desconhecido, mas assumo meus posicionamentos. Tu além de desconhecido é um covarde que se esconde atrás do anonimato. Respeito sua opinião e gostaria que respeitasse a minha. Quem deve comer feno é você.

Anônimo disse...

A CIDADE TÁ BUNITA, TÁ BEM CUIDADA, TRABALHO BEM FEITO NÃO EXISTE NADA IGUAL JOÃO PAULO´SAFADO É METIROSO E POVO TOMA ATÉ ENCOSTAR O PAU...

Anônimo disse...

Mas quanto ($$$) esses anônimos e não anônimos ganham dos políticos para ficarem defendendo ou acusando este ou aquele? Devem estar faturando bem...

Jota Lopes disse...

Graças a Deus não preciso ganhar nada. Trabalho na iniciativa privada, estudo, tenho minha família e não dependo de político algum. A única diferença é que consigo enxergar o mundo com olhos críticos, e não com olhos de submissão.

Anônimo disse...

Vai todo mundo tomar no olho dos cus

Anônimo disse...

Me pergunto quem é o lado mais fraco dessa negociação?
E por mais que eu pense em ambas como a tal, não consigo às vê-las como.
Uma com a faca e o queijo, lê-se motoristas e cobradores, outra com a fome e a vontade de comer, lê-se consórcio siga.
Ambos os lados poderiam ter feito algo em prol do outro, mas ai veem sindicalistas entoando "blábláblá... os pratrões ...blábláblá", do outro "blábláblá... os custos, blábláblá...às planilhas,blábláblá...", e tiro disso tudo; ambos são os errados nessa circustancia toda, mas emfim quando, alguém ou uma classe toda, olha pro sei proprio umbigo e esquece que os outro membros ou simplesmento o "resto" dessa sociedade são os que realmente terão problemas.
"Eu só vejo uma solução para isso tudo. Existir alguem que realmente tenha uma real vontade de solução. Como? simples!, cancelar o contrato atual e lançar novos rumos para transporte coletivo em Blumenau"
Radical isso?
que nada!
Isso é tomar as redias da situação!
Afinal depender da vontade de 2 classes para ir e vir, como já dizem "É uma vergonha!"

Oldair - Blumenau

Anônimo disse...

Nossa Jerry, que papelão, heim? Dizer que não depende de partido?
Só porque te chutaram na época do PT?
Huahauhauahuaua
Incopetente!

Anônimo disse...

Jerry não, Jota Lopes, desculpe.

Deve ter adotado outro nome depois da vergonheira que passou?

Anônimo disse...

Ivan Naatz esteve na Rádio Nereu ontem, falando com o Joelson. Ouvia a entrevista dele quando disse "quem deseja conquistar tem que lutar" apoiando o movimento. Disse também, que a Câmara de Vereadores continua inoperante, não tem posíção sobre nada, mesmo tendo estrutura para fiscalizar a planilha de custos das empresas. Naatz foi mais enfático, afirmou que tem uma caminhonete a diesel, que pagava R$ 2.25 p/l ano passado e, hoje, é possível abastecer por R$ 2.05.
Eu sou PT, sou Lula, sou professor, votei no Decio e voto da Edeli, mas, tá na hora da "esquerda" ter outra voz em Blumenau cada vez mais acho que pode ser a dele NAATZ 2012.

Anônimo disse...

Desde que eu me conheço por gente quando, eu percebo que estou ou estarei prejudicando alguém ou um conjunto de pessoas, em todos elas eu simplesmente não a fiz.
Digo isso por que se eu estivesse tanto na situação do Cons. Siga como no Sindicato, eu usaria a dita ética profissional.
Quem não está satisfeito com o que tem!, a porta da rua e serventia da casa!

Ainda em tempo política no Brasil é um carnaval por que existe 29 partidos, será que são todos tão radicais, pensando sempre diferente um do outro? será que no máximo 5 já não basta?

se eu não errei a conta são 29:
Partido dos Aposentados da Nação (PAN) - 26
Partido da Causa Operária (PCO) - 29
Partido Comunista do Brasil (PCdoB) - 65
Partido Comunista Brasileiro (PCB) - 21
Partido Democrático Trabalhista (PDT) - 12
Partido da Frente Liberal (PFL) - 25
Partido Humanista da Solidariedade (PHS) - 31
Partido Liberal (PL) - 22
Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) - 15
Partido da Mobilização Nacional (PMN) - 33
Partido Progressista (PP) - 11
Partido Popular Socialista (PPS) - 23
Partido da Reedificação da Ordem Nacional (PRONA) - 56
Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) - 28
Partido Republicano Brasileiro (PRB) - 10
Partido Republicano Progressista (PRP) - 44
Partido Socialista Brasileiro (PSB) - 40
Partido Social Cristão (PSC) - 20
Partido Social Democrata Cristão (PSDC) - 27
Partido Social Liberal (PSL) - 17
Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) - 45
Partido Socialismo e Liberdade (P-SOL) - 50
Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) - 16
Partido dos Trabalhadores (PT) - 13
Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) - 14
Partido Trabalhista Cristão (PTC) - 36
Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB) - 70
Partido Trabalhista Nacional (PTN) - 19
Partido Verde (PV) - 43


Muito obrigado!

Everaldo Boing Stiz
Blumenau

Sérgio Francisco disse...

Sobre a paralização dos motorista e cobradores, entendo não ser justo penalizar o usuário.

Da mesma forma considero injusto o acréscimo concedido ao consórcio:

1) Justificam o aumento do preço das passagens com o argumento que haviam 4 milhões a uma década e agora tem 3 milhões de usuários, é evidente que qto mais caro menos usuários irão ter, aqui vale a lei da oferta e procura, é bem simples.

2) Querem comparar o preço das passagens com Joinville ou Florianópolis, mas em Blumenau os ônibus percorrem trechos mais curtos.

3) Curitiba tem a passagem no valor de 2,20, e lá os trechos são mais longos que aqui, qual a justificativa para esta margem?

4) Por fim, nas cidades de Joinville, Florianópolis e Curitiba, eu já andei de coletivo em diversas linhas e lá os carros tem um aspecto de limpeza que aqui não tem. Aliás, aqui em blumenau é um horror, é uma vergonha uma cidade como a nossa permitir que os coletivos rodem tão nojentos por dentro. Custa a cada viagem realizar uma faxina? Cadê os 5´s da qualidade?

Anônimo disse...

É uma vergonha!!!!Eles aumentam a passagem, e os trabalhadores não podem receber aumento???Para!!! Esse prefeitinho de bosta que não anda de ônibus!!!Por isso até diminuiu as linhas! Jerry parabéns pelo por teres um posicionamento, até concordo contigo! Agora nós que utilizamos do transporte coletivo é que deveríamos parar para não permitir esse aumento! E sobre o Pt, não ou petista, porém foi o PT que fez os terminais, as linhas integradas, trouxe a nova frota e asfaltou blumenau! A Cidade parou realmente em 2005 e continua parada! Infelizmente
Raquel