quinta-feira, fevereiro 26, 2009

GERAL

PROTESTO
Moradores da comunidade da Velha Pequena prometem para amanhã, às 9h30min, uma manifestação em frente à Prefeitura. O objetivo é mostrar o descontentamento com a falta de água na região.

IRONIA
Ontem eles se reuniram com o presidente do Samae, Luiz Ayr, que prometeu uma solução para noventa dias. Luiz Ayr, que estará nesta sexta-feira ao vivo no Jornal Meio Dia da Ric Record, foi irônico com a nossa reportagem durante a reunião: Falou que a autarquia que comanda deve estar “patrocinando” o Jornal Meio Dia, de tanto que aparecem notícias relacionadas ao Samae.

MAU NEGÓCIO
Se ele está satisfeito com a exposição na mídia que o Samae vem tendo ao longo dos últimos tempos, estamos com mais problemas que pensamos.

12 comentários:

Ermenegildo disse...

Ese movimento é politicagem pura, so a imprensa de Blumenau não ve ou finje que não ve. Esse pessoal quer casa de graça e pra já. Eu levei quase 20 anos pra construir a minha e ninguem deu, foi com muito trabalho. Será que a chuva levou nossa noção do que é certo?

Anônimo disse...

Luiz Ayr não é aquele que tem duas condenações pro improbidade, que foi condenado a perda do serviço público (aposentadoria)que, quando fiscal cometeu prevaricação e, por este motivo a aposentaria decretada a bem do serviço público ?

Anônimo disse...

LUIZ AYR (PP) PISOLLATI (PP) SEVERINO (PP) CELIO DIAS (PP) DEUSDISSE (PP) ...

Xnet disse...

haha esse é o governo de JPK...
a cidade tá bunita... tá bem cuidada... ehhhhhh

Anônimo disse...

Toda a diretoria do Samae precisa se destituída e uma urgente renovação se faz necessária para acabar com essas reclamações diárias, mensais, anuais da falta de água em Blumenau. Queria, não literalmente, mas queria, com todas as letras que faltasse água, na casa do presidente do Samae, do prefeito, de algum figurão. Ah, mas queria mesmo!!!! Quando existe competência, respeito ao ser humano, a empresa faz o que de direito têm os seus consumidores. Cansa, sinceramente, cansa todos os dias ouvir e ver na imprensa a falta desse precioso líquido. Culpa dos moradores?? A fatura chega em casa, enquanto as torneiras estão entupidas de pó porque a água não chega.

Anônimo disse...

Este problema dura a mais de 20 anos, só agora estes politicos demagogos vem a prefeitura e acusam o presidente Luiz Ayr de negligencia, temos que dar um basta nestas pessoas comandadas pelo sr. Celio honn , comunista de carteirinha, por que ele não vai para Russia tentar fazer estas palhaçadas.

Anônimo disse...

Pois é e a taxa de tratamento de esgoto que o prefeito ganhou todo o serviço com dinheiro federal e vai tirar nosso couro? Isso é que é Blumenau Forte. Forte no desserviço, na incompetencia, ingerência, cabide de empregos e licenças-daniela... poxa gente, vcs não se tocaram da coisa linda que fizeram de recolocar o burguesinho pra tomar conta do que não sabe? Chega a ser desolador... não sei o que foi pior, sinceramente, se a tragédia climática ou a tragédia política. Talvez a politica seja pior porque vai durar 4 ANOS!

Anônimo disse...

toda a prefeitura precisa ser destiuída, inclusive o pitoco do prefeito

Anônimo disse...

Sinceramente não sei o que eles estão fazendo no SAMAE esse orgão não é pago por nós para nos fornecer água então se esse pessoal não conseguem pede pra sair

Anônimo disse...

A prefeitura já esvaziou as duas piscinas em frente, sob a justificativa de que precisava de limpeza e manutenção. E justamente, hoje, 27/2, dia das manifestações dos moradores do Bairro da Velha reclamando a falta constante de água. Imagine se as tais piscinas fossem a caixa-da- água seca do prefeito ou do presidente do Samae. Pelo menos teriam o exemplo que os moradores sofrem sem o líquido indispensável.

Anônimo disse...

O Célio Hohn não era aquele funcionário comissionado fantasma da administração do Renato Vianna (93/96) que o Paulo Malburg queria cassá-lo? Vamos apurar isso antes de dar mídia pra ele.

Anônimo disse...

Desde quando um bandido condenado como o Luiz Ayr pode ser gestor público. Esse governo de ladrões é uma vergonha!