quarta-feira, julho 02, 2008

ELEITORAIS DE VEREADOR

VEREADORES
Nesta ressaca eleitoral nem todas as nominatas de vereadores estão decididas e os partidos definem as últimas vagas. De uma breve leitura, a que mais me impressionou pela qualidade dos nomes do ponto de vista eleitoral é a do Democratas.

NOMINATA FORTE
Rapidinho dá para listar 10 nomes de expressão no DEM: Os três vereadores – Marcelo Schrubbe, Jovino Cardoso e Nagel Marinho -, mais Fábio Fiedler, Mário Hildebrandt, Norma Dickmann, Caleb Zanis, Nico Wolff, Veneza (que foi 1º suplente pelo PT na última eleição) e Chico Lopes, ex-assessor do hoje deputado Jean Kuhlmann. A legenda, que hoje conta com três parlamentares espera ganhar mais um.

1/3 DA CÂMARA
O bloco PMDB-PSDB pretende eleger o mesmo número do pleito passado, cinco vereadores (Braz Roncáglio se elegeu pelo PMDB e depois pulou para o PTB). Com a saída de Rufinus Seibt, que concorrerá a vice na chapa de JPK, aumentam as chances de outros candidatos peemedebistas. Os bons de votos devem ser o presidente da Câmara, José Luis Gaspar Clerici e os suplentes Marlene Schilindwein e Beto Tribes. Álvaro Pinheiro, Eliomar Russi e Ejair Ribeiro (pastor da Igreja Quadrangular) são as outras apostas.

DESFALQUES 1
O PMDB, que espera junto com o PSDB somar 50 mil votos, não terá três importantes puxadores de voto além de Rufinus. Braz Roncáglio (concorre pelo PTB), Ivone de Castro e Paulo Mund.

COMO HOJE
O PSDB aposta nos mesmos: os vereadores Marco Antônio Wanrowsky e Jean Mantau e os suplentes Napoleão Bernardes e Helenice Luchetta. Quer manter pelo menos os dois que têm hoje.

BONS DE URNA
Do PP deve sair um campeão de votos na minha avaliação (posso até queimar a língua, mas não sei não), Deusdith de Souza. Célio Dias, se regularizar sua situação no Tribunal de Contas do Estado e puder concorrer, também é bom de votos, assim como o vereador Marçal. O Capitão Rossi, do 10º BPM, corre por fora. A expectativa é subir para dois ou até mesmo três o número de representantes.

PETISTAS
Os atuais vereadores Vanderlei de Oliveira e Isaltino Pedron são os principais candidatos do PT, mas a grande expectativa está em Jefferson Forest, casado com Daniela Lima, filha de Décio. Com passagem pelo movimento estudantil, ele certamente contará com o principal cabo eleitoral petista, que é o candidato a prefeito. O radialista Arnaldo Zimmermann, que já ocupou uma cadeira no Legislativo, também tem chance.

DESFALQUES 2
O PT é o partido que teve as maiores baixas na nominata em relação à eleição passada. Não concorrem a vereadora Maria Emília e Ângelo Roncáglio, os suplentes Veneza e Valdecir Mengarda, além de Roberto Imme.

APENAS UM
O PDT aposta em manter um vereador e tem em Leoberto Cristelli o nome mais forte. O presidente (ou ex?) municipal Roberto da Luz deve contar com o apoio de Cezar Cim e com isto aumentam suas chances. O sargento Armindo, do 10º BPM (como o capitão Rossi, que concorre pelo PP), também pode surpreender. Ele é ligado ao deputado Sargento Soares.

PARTIDOS MENORES
O PPS aposta no voto para a legenda e tem no advogado e ex-secretário municipal Leo Bittencourt seu nome mais conhecido. O PR tem o presidente licenciado da Associação de Servidores Municipais Vitor Íten e o folclórico Balaio com maior poder de fogo. O PSL investe em João Beltrame, que se elegeu no pleito passado. Este tem mais chance.

FALTOU
Deixei alguns partidos de fora, pois não consegui buscar informações, entre eles o PcdoB, PSB e PV. Vou tentar ir atrás.

2 comentários:

Hartmut Kraft disse...

PSOL terceira vi de fato!
Além é claro aquele que está sozinho o Partido Socialismo e Liberdade o PSOL de Heloisa Helena.
Que é encabeçada com Dari Diehl e Hartmut Kraft, a convenção aprovou 20 nomes na Proporcional dos quais foram encaminhado coletivamente apenas 5 nomes em lista que segue.

Cristiano Russi Ferreira Dos Santos - Secco
Marcos Roberto Bugmann - Markito
Marcio Jorge de Freitas Bittencourt – Dr. Marcio
Osní Valfredo Wagner – professor Osní
Rosimeri Alves Dos Santos - Rosi

Osní Vagner disse...

Muito bom o seu trabalho só acho que deveria reconhecer a existência do PSOL, somos um grupo pequeno. Não temos culpa se o grupo do Mergarda são muito ansiosos. Em colocar os pés pela mão, não faltou aviso meu em 2005 que o PSOL tem um programa a seguir e se ele entende-se de esquerda saberia disso.
Mas só gostaria de dizer que copiei o texto do blogs em que
Hartmut Kraft disse...
PSOL terceira vi de fato!
Além é claro aquele que está sozinho o Partido Socialismo e Liberdade o PSOL de Heloisa Helena.
Que é encabeçada com Dari Diehl e Hartmut Kraft, a convenção aprovou 20 nomes na Proporcional dos quais foram encaminhado coletivamente apenas 5 nomes em lista que segue.

Cristiano Russi Ferreira Dos Santos - Secco
Marcos Roberto Bugmann - Markito
Marcio Jorge de Freitas Bittencourt – Dr. Marcio
Osní Valfredo Wagner – professor Osní
Rosimeri Alves Dos Santos - Rosi


Outra coisa para pontuar é que Heloisa Helena fez 7% de votos equivale a 14 mil votos, o PSOL cresceu está com 15% ou mais, Heloisa Helena cerca de 22% Nacionalmente, situação identica a Decio lima em 1996, na época falei pessoalmente a ele estas eleito, o Lula tinha feito votação semelhante em 1989.