segunda-feira, agosto 25, 2008

ELEITORAIS

PIZZOLATTI
O deputado João Pizzolatti (PP) entrou com vontade na campanha de João Paulo Kleinübing. Depois do namoro com o PT no período pré-eleitoral, Pizzolatti esteve na solenidade de licenciamento de JPK da Prefeitura e gravou depoimentos para o programa do candidato à reeleição.

OBRIGADO LULA
Segundo a assessoria do deputado, no depoimento para o programa de JPK, Pizzolatti foi enfático ao afirmar (palavras do release): “nenhum prefeito na história da cidade recebeu, em um único mandato, tanto dinheiro do governo federal a fundo perdido por seu intermédio. Foram quase R$ 70 milhões para obras de saneamento, sistema viário, habitação e construção de áreas de esporte e lazer”. Será que João Paulo vai agradecer ao Governo Lula e ao PT?

EM TEMPO
Um assessor do PP se apressou em fazer contato com o blog para explicar o pronunciamento de Pizzolatti. A estratégia é desmentir o candidato Décio Lima, que segundo meu interlocutor, estaria querendo passar uma imagem de pai da criança, ou melhor do dinheiro que veio para cá. (a informação está grifada de forma diferente, pois foi postada depois).

5 comentários:

Anônimo disse...

Então o Papai Noel falou para a Princesa e para a Bruxa...cuidado com o Coelhindo da Páscoa...

Rafael Mueller disse...

"(Pizzolatti) Foi acusado pelo deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) de patrocinar, quando presidia a Comissão de Minas e Energia, o pagamento de mesadas a deputados. Segundo Jefferson, Pizzolatti era anfitrião de cafés-da-manhã na Comissão de Minas e Energia da Câmara, nos quais era feita a partilha de recursos."

"Em 2004, a Corregedoria da Câmara dos Deputados investigou denúncia de que ele (Pizzolatti) usou a comissão para pedir ajuda financeira a empresas privadas e estatais para a realização de um seminário na área de energia em São Paulo. O deputado classificou o ocorrido como um "descuido operacional"."

Pra mim, JPK perdeu pontos tendo Pizzolatti ao seu lado

ARTILHEIRO disse...

Pizzolatti!!! Só falta o Maluf gravar apoio ao JPK. Não bastou o Rufinus Seibt como vice? O Vereador Rufinus votou a favor do aumento do salário dos vereadores, junto com o vereador Zé Marçal, que é assim ó, com o Pizzolatti. Lamentável JPK!

Anônimo disse...

já iniciou a briga, aguardem as baixarias ... elas virão.

Anônimo disse...

Conheci o trabalho do prefeito João Paulo quando deputado estadual. Pois moro em Florianópolis e tenho proximidade com o legislativo acompanhando o dia a dia. Enfim, aqui conheci um jovem que ao contrário do que muitos apostavam, seria apenas mais um que carregaria apenas um sobrenome de tradição política. Surpreendeu a todos não sendo esta pessoa, mas sim um deputado novo, com muita vontade de fazer as coisas acontecerem e sempre com bastante empenho. Preparado, alias muitíssimo. Pois tem alguns parlamentares com diversos mandatos que sequer conhecem o regimento interno. Ele estudou tudo o que necessitou ao seu trabalho. Foi sério em todas as suas ações e lembro certa vez de uma declaração de um parlamentar antigo em idade e em numero de eleições (e oposição) que ele, João Paulo, teria sido muito bem instruido por seu pai, principalmente no que diz respeito a retidão de caráter, ao zelo com a coisa pública. Além disso percebo que ele tem idéias atuais, que busca pensar o poder público com a eficiencia e modernidade da iniciativa privada. Bem essa é minha impressão daquele que conheci como deputado estadual, que em primeiro mandato presidiu as duas mais importantes comissões da Casa, as de Constituição e Justiça e de Finanças e Tributação com muita firmeza e transparência nas ações. Agora a minha pergunta é: o que os cidadão desta cidade veêm como vantagem no deputado federal Décio? Não me venham falar de apoios, pois estes sempre são aceitos de bom grado....apenas criticam agora porque não foram para o candidato do PT. Alguém por acaso lembra da senadora Ideli Salvatti em seus tempos de legislativo em SC???? A sua postura veemente de oposição? Pois é...para quem tem agora como uns de seus melhores amigos os senadores José e Roseana Sarney...a quem tanto criticou..incoerencia é cobrarem algo neste sentido. Pois seu Décio Lima....que com certeza como pessoa deve merecer respeito não é também com certeza, a pessoa mais isenta, e muito menos seu partido. O problema ai está na falta de apoio que deixaram de conquistar. E tentar desmerecer os outros naquilo que não conseguem é uma das coisas que o PT faz de melhor. Vitório de Paula Moreschi