sexta-feira, setembro 26, 2008

OPERAÇÃO INFLUENZA

GRAMPOS FECHADOS
Esta no Jornal de Santa Catarina. A Justiça Federal de Florianópolis mandou anular os grampos utilizados na Operação Influenza por considerar que as gravações não seguiram os procedimentos necessários. A juíza Ana Cristina Krämmer decretou nulas todas as escutas realizadas entre 9 de agosto e 19 de novembro de 2007. A Operação Influenza foi aquela deflagrada pela Polícia Federal, que flagrou uma série de crimes financeiros a partir do Porto de Itajaí.

REPERCUSSÃO ELEITORAL
Recentemente os jornais Diarinho e o Santa, assim como o Estadão depois, publicaram trechos de conversas de petistas com um dos principais acusados, Chico Ramos, da Agrenco. Ente elas estava a de Décio Lima. Desconheço se estas conversas do candidato estão entre as consideradas nulas pela Justiça Federal. De qualquer forma elas foram divulgadas de forma ilegal, pois não havia autorização para tanto, pois a fase é de investigação e até o momento o nome dele não está entre os denunciados.

RELEASE
A campanha petista comemora a decisão judicial e contra-ataca. Segundo release enviado aos meios de comunicação, a decisão “comprova armação para atingir a candidatura de Décio Lima à prefeitura de Blumenau pela Coligação Blumenau de Todos".

27 comentários:

Zé Roéla disse...

Como eu queria um candidato desses...
http://br.youtube.com/watch?v=6g5gd_Z451U

Felipe Pamplona disse...

A Verdade esta prevalecendo

Justiça Federal anula escutas telefônicas da Operação Influenza

Decisão comprova armação para prejudicar candidatura de Décio Lima

Decisão da Justiça Federal de Santa Catarina, anulando as escutas telefônicas das provas da Operação Influenza, comprova armação para atingir a candidatura de Décio Lima à prefeitura de Blumenau pela Coligação Blumenau de Todos. A sentença decretando a nulidade das interceptações telefônicas foi proferida nesta quinta-feira, dia 25, e foi divulgada no site oficial do órgão (www.jfsc.gov.br).
O ato, considerado ilícito pela Justiça Federal, conforme sentença da juíza Ana Cristina Kramer, da Vara Federal Criminal de Florianópolis, é ainda mais grave, posto que Décio Lima não está envolvido na Operação Influenza, tendo sido exposto de forma irresponsável, “Essa armação está desmoronando e a verdade está aparecendo”, diz.
Conversa telefônica, supostamente entre o deputado federal Décio Lima e um dos sócios da Agrenco, empresa que está sendo investigada pela Operação Influenza, foi divulgada pela imprensa de forma indevida nos dias 15 (Diarinho do Litoral) e 16 de agosto (Jornal de Santa Catarina). “Ele foi exposto num ato irresponsável. Foi um crime”, porque teve como objetivo atingir a candidatura de Décio Lima a prefeito. A Justiça Federal entende, com a decisão, que houve violação do direito legal.

why so serious disse...

Alexandre, já escrevi isso e acho importante que você esclarecesse,

O fato da justiça anular as escutas das provas, não quer dizer que as escutas não existiram ou eram falsas! Elas simplesmente não podem ser usadas como provas no caso, mas elas existem e mostram o caso de amor entre Décio e Agrenco!

Quer dizer basicamente que o Décio ganhou dinheiro ilegal da Agrenco e agora vai ficar difícil provar.

Qualquer um que não esteja pregado em Blumenau sabe o que está acontecendo em relação às escutas no Brasil, depois do presidente do supremo ser grampeado

Anônimo disse...

Naum sei o que o pessoal do Décio comemora nem o que isso comprova. O fato da escuta ser anulada tambem anula a conversa em si? O senhor Décio ainda naum explicou o laptop, o relógio ou a viagem em jatinho (ou será que a foto do Diarianho tambem foi anulada?

Felipe Pamplona disse...

Comente sobre isso "Why so serious"


É de se estranhar que, em épocas de eleições, alguns candidatos ainda afirmem que fizeram aquilo que se sabe que não foi feito. O prefeito João Kleinübing (Dem) disse que tinha aumentado o número de vagas na pré-escola e foi desmentido por números mais reais fornecidos pela vereadora Maria Emília de Souza (PT), olhando os números do Ministério da Educação, que foram baseados em dados da Secretaria de Educação do próprio município. É mole?. Ele errou por apenas 2 mil crianças. E, a mentira do prefeito é tão descarada que, para 27 crianças conseguirem vagas nas pré-escolas de Blumenau, tiveram que recorrer à justiça. E venceram. Os três cargos comissionados que ganhavam da prefeitura sem trabalhar, com certeza pagam as 27 vagas das crianças e ainda sobra um troco pra prefeitura. Uma vergonha.


Na marra


A 2ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça (TJ), em processo sob relatoria do desembargador Orli Rodrigues, confirmou sentença da Comarca de Blumenau, e determinou ao município que disponibilizasse vagas em estabelecimentos públicos de ensino infantil (creche e pré-escola) a 27 crianças da região, sob pena de multa diária no valor de R$ 300. Isto é em segunda instância. Significa que, além de não dar as vaga para as crianças, o prefeito ainda recorreu e deixou a meninada fora da escola por mais alguns meses. E, pelo andar da carruagem, ainda vai recorrer para deixar o abacaxi para a próxima administração. As crianças esperam que o novo prefeito seja mais comprometido com a educação e menos com o papo furado. Mas, vale lembrar, o prefeito João Kleinübing é um dos candidatos e pode estar no segundo turno das eleições. Assim, a gurizada, que ficou fora da escola, torce para que, em vencendo o atual prefeito, ele não as deixe fora da escola.


Uma vergonha


O Ministério Público recebeu denúncias de cidadãos de Blumenau, pais das crianças, e do Conselho Tutelar da cidade de que a municipalidade havia negado atendimento a crianças em estabelecimentos de educação infantil. Mesmo após a insistência dos pais e do Conselho Tutelar. Assim, descumprindo uma nora legal, a Prefeitura deixou 27 crianças na rua, e alguns pais, talvez desempregados por não ter aonde deixar as crianças. Após os descumprimento por parte do Município da recomendação formulado pelo Ministério Público de Santa Catarina para que fossem efetivadas as matrículas dos alunos, o Ministério Público ajuizou ação civil pública com pedido de liminar para que fossem disponibilizadas as 27 vagas solicitadas pelos pais das crianças. A desculpa esfarrapada, pelo visto, foi a de sempre. Não tinha mais recursos: bem, a população de Blumenau, com certeza, iria preferir ver as 27 crianças na escola do que ver três cargos comissionados da prefeitura recebendo sem trabalhar. Aliás, este é outro pro- cesso que envergonha os moradores de Blumenau. Ver que ainda existem gente que dá emprego pra quem não trabalha.


Não provou


Na decisão em 1º grau, o juiz concedeu o pedido em caráter liminar e determinou que as vagas fossem providenciadas em estabelecimentos de ensino da rede pública próximos às residências das crianças. Inconformada, a Prefeitura teve a cara-de-pau de apelar ao Tribunal sob o argumento de que, embora destine 25% de suas receitas à educação, não consegue suprir a demanda de vagas, e deixou as crianças sem escola.

"É indubitável o dever da municipalidade de priorizar a educação infantil e manter programas de educação pré-escolar, garantindo atendimento em creches e pré-escolas a crianças de zero a cinco anos", destacou o relator. Ademais, apesar de ter alegado dificuldades para suprir a demanda de vagas, o município não apresentou elementos que comprovassem o argumento. Ou seja, o prefeito disse que não tinha grana para pagar as vagas para a gurizada, mas não apresentou as provas da falta de receita ou de motivos que impedissem o município de dar escola para estas crianças. Uma vergonha. Por unanimidade, os demais desembargadores que compõem a Câmara acompanharam o relator. (Apelação Cível nº 2007.064174-2). Matéria feita com apoio da assessoria de imprensa do TJ.

why so serious disse...

Acho que vale a pena uns comentários sobre esse péssimo movimento que está acontecendo no Brasil, onde a PF o único orgão que funciona esta tendo as "asas" cortadas, porque está incomodando gente grande...

É uma pena

why so serious disse...

Felipe, eu não defendo JPK, diferente de você que defende cegamente o Décio, já que você não fez nenhum comentário contra seu candidato.

Já escrevi alguns comentários sobre oq ue eu penso de Décio e JPK, os dois estão querendo a prefeitura pr ganhar mais dinheiro.

Felipe Pamplona disse...

pra variar amarelou....

Anônimo disse...

why so seriuos não sabe ler, Felipe... uma pena

Anônimo disse...

why so serious

Vc é um fanfarrão!

Porque não fala das propostas do teu candidato, o Ivan Naatz.
90% dos teus post's são falando mal do Décio Lima.
Vai fazer alguma coisa de util moleque. Tem nda pra faze aí não?

Anônimo disse...

Alexandre, as escutas do Décio foram feitas entre 10 de dezembro de 2007 e 6 de janeiro deste ano, portanto fora do periodo estipulado pela juiza. (www.clicrbs.com.br/jornais/jsc/jsp/default2.jsp?uf=2&local=18&edition=10702&template=&start=1&section=Pol%EDtica&source=Busca%2Ca2183791.xml&channel=31&id=0&titanterior=&content=&menu=58&themeid=&sectionid=&suppid=&fromdate=&todate=&modovisual=). Muito me espanta que um jornalista experiente como voce não tenha checado esta informação, facilmente disponivel no site do Santa. Quanto a assessoria do PT, e claro que querem misturar alhos com bugalhos.

Anônimo disse...

Reportagem do JSC de 16 de setembro.

pc agrenco disse...

Foi anulada a escuta, e é em outro período, se informem direito. E não foi anulada a conversa, nem o PC, nem o relógio, nem os favores no jatinho, nem a foto, nem a sem-vergonhice, nem a matéria na Folha de São Paulo, no Estadão, na Veja, no jornal A Notícia, no Diário Catarinense... Foi anulada porque forças poderosas estão podando as asas do PF que está indo funda na corrupção e está incomodando peixe grande. O deputado podre vai se safar, mais uma vez, porque tem amigos influentes...

Paladino disse...

Poder em país de 3º mundo é assim mesmo.
É Mensalinho, Mensalão, Influenza, e outros escândalos que estão por vir.
Enquanto isso, nós trouxas, pagamos impostos feito condenados para financiar essa festança.
Enquanto a massa não adquirir cultura política e não obter cura para a Síndrome da Memória Curta, tudo tende a piorar.
A inversão de valores e os bons princípios estão soterrados nesse país. Ladrões são aplaudidos e venerados enquanto que os honestos são taxados como atrasados, burros.
Como vemos, a ignorância é uma desgraça que afeta todas os níveis sociais.

pc agrenco disse...

Recentemente Décio tbém foi "estranhamente" inocentado do escândalo da CPI das Obras. O relatório dos crimes dá umas 200 páginas. Há provas escancaradas. Até pedreira que não existe faturava a prefeitura, ruas pavimentadas eram patroladas... Vejam a força do deputado podre. Ele é amigo do Lula, não para conseguir benefícios para Blumenau, mas sim para si próprio. Quem defende corrupto corruptinho é.

Anônimo disse...

pois é ps agrenco, e o e-mail sobre o seu patrão que esta circulando na internet? o q vc tem a dizer?

why so serious disse...

Epra começar, Alexandre, achei um ENORME pisada na bola você jogar uma notícia desse sem antes checar... tem que cuidar em blogs, a vontade de ser o primeiro a dar notícia, pode causar estragos, como você sabe muito melhor do que eu.

MOMENTO REFLEXÃO
Imaginem o quanto o pessoal do PT não estaria aqui falando que o Alexandre é comprado, que o juiz e a mídia toda é contra o PT se a notícia fosse ao contrário, ao invés de uma nota errada ajudando o Décio, fosse uma nota errada prejudicando o Décio (limpa cofre)

E agora para o anonimo petista...
Eu não sei ler?

Acho que o correto é "petistas não sabem pensar".
Não, o correto é "militância não pensa, apenas segue. Líderes do PT pensam, em como abarrotar o bolso de dinheiro e garantir que nunca vão parar de mamar na máquina pública"

Sobre o comentário que eu não falo das propostas do Naatz e sim critico o Décio, é simples. Em duas partes.
1º. Eu não gosto das propostas do Naatz, pra mim são a maioria populistas, como dos outros candidatos e não me interesssa. Como já comentei, não uso saúde nem creche pública. As únicas propostas que me interessam são sobre o trânsito, e até agora, sinaleiras sincronizadas foi a menos ruim, entre as propostas cabíveis para a cidade.

2º Eu não gosto do Décio, achei um desperdícios os seus 8 anos de 'governo', além de ser ladrão. Eu vou sempre bater em ladrão. Sinceramente eu não vejo lógica em você defender alguém que rouba o seu dinheiro (vc paga impostos sim). Já escrevi por aqui quais os adjetivos pra alguém que gosta de ser roubado.

Sobre o "moleque", tome cuidado para não perder uma disputa com argumentos para um "moleque", vai ficar feio e parecer que você é... digamos, não muito esperto.

Aliás, eu não dúvido que vocês achem o máximo o fato da justiça estar restringindo o uso de grampos, só pra avisar, significa que mais gente que rouba vocês todo dia, vai continuar livre e rico, com seu dinheiro.

why so serious disse...

Olha só "delegado responsável pelas investigações, Airton Takada, de Itajaí, disse que a decisão não mudará em nada do inquérito porque abrange apenas as escutas iniciais do caso".

Isso não deve incomodar o Décio e o pessoal do PT, afinal, quem não deve não teme!

CAPITA disse...

A empresa Agrenco foi uma das doadoras da campAnha do Décio pra deputado e isto foi feito legalmente, sob recibo e prestação de contas à Justiça Eleitoral. Não há nada de errado, e todo e qualquer candidato pode (e o faz) pode receber doações desde que as declare.
Quanto às acusações tanto a um como a outro candidato é preciso cautela, porque a lei pode punir um caluniador. Então se alguém tem como provar as denúncias deve fazê-lo, por exemplo ao Ministério Público, ou outra instância judiciária qualquer. Não pode é ficar difamando, no anonimato, daí é covardia.
Vamos melhorar a política fazendo a nossa parte. Sem ódio, sem preconceito, sem denuncismo barato. Vamos debater realizações e propostas. A nossa Blumenau merece.

why so serious disse...

Sim, a agrenco fez gordas doações para a campanha do Décio, mas a acusação é de que ele tenha recebido mais dinheiro e retribuído essas doações, e isso é ilegal.

Comandante disse...

Caro Alexandre G.

Compreendo sua alegria a pressa em postar a matéria do Santa de hj anulando as escutas telefônicas que poderiam livrar seu candidato.

Como diz aquele ditado: " A pressa é inimiga da perfeição" vc como jornalista experiente deveria se conter e lembrar daquela regra básica que é ensinado em todas as faculdades de jornalismo CHECAR AS INFORMAÇÕES!!!

As escutas do Décio foram feitas entre 10 de dezembro de 2007 e 6 de janeiro deste ano como postagem acima já lhe informou...

Ahhh e o foca do Felipe Pamplona que acredita em tudo que lê TBM comete o mesmo erro, mesmo ainda "fresquinho" da faculdade...

O POVO disse...

PC AGERENCO É O DÊNIO SCOTINI.

SAI DA MÁSCARA CUMPADRE.

Feliep Pamplona disse...

Comandante, so pra registrar, sou formado a mais de 10 anos, e o que esta postado no Santa é so uma parte da decisão, veirfique a decisão na integra e vera que todas as escutas foram canceladas.

Castelo Burguês disse...

Prezado Sr. Felipe Foca Pamplona

A Justiça Federal em Santa Catarina (SC) decretou a nulidade das provas da Operação Influenza obtidas por meio de interceptação telefônica ENTRE 9 DE AGOSTO e 19 DE NOVEMBRO DE 2007,

período em que inquérito esteve em trâmite na Justiça do Estado de Santa Catarina em Itajaí.

http://www.jusbrasil.com.br/noticias/114616/justica-federal-em-sc-anula-escutas-telefonicas-da-operacao-influenza

As escutas do Décio foram feitas em 1 DE ABRIL DE 2008 E 1 DE FEVEREIRO DE 2008.

O Sr. Foca entendeu?
Quer que desenhe?

Anônimo disse...

Esse Felipe é formado EM QUÊ? O cara não sabe nem escrever... que merda é essa?

Cesar disse...

Alo povo disse ... de Blumenau. Como acho a segunda pagina do Doc do BAcen do JPK?

Felipe Pamplona disse...

Falei com o Decio hoje e pessoalmente ele me pediu que marcasse com voce "Why so serious" para voces conversarem no comite de campanha, voce leva pra ele todas as denuncias e fala cara a cara com ele, chama ele de ladrão como tu vez diversas vezes aqui neste blog, so que um detalhe, leve junto as provas porque sem provas tu vai ter que responder na justiça as calunias que andas falando aki.Segue abaixo o email, endereço e telefone do comite do Decio para que voce "Why so serious" possa marcar uma hora pra mostrar as denuncias que voce tem contra ele.

deciolima@brtrubo.com.br ou deciolima13@gmail.com com ou ainda pode acessar o site www.deciolima13.can.br e marcar pela pagina uma reunião.
Endereço: Rua XV de Novembro, 44 - Centro - 89010-000 - Blumenau - SC
Fone: 3326-0350 / 3326-0268

Esse recado não é so pra "Why so serious", qualquer pessoa que tenha uma denuncia contra o Decio tambem esta sendo convidada a entrar em contato pelos mesmos endereços para que psso apresenta-las ao candidato e este provar que nada tem haver com as mesmas.