quarta-feira, outubro 01, 2008

IMPRENSA E ELEIÇÃO

BOCA DE URNA
A rádio Nereu Ramos programa uma grande cobertura para o dia da eleição e promete para às 17 horas de domingo antecipar o resultado da apuração com a divulgação da pesquisa boca de urna. Cerca de 40 pessoas estão sendo recrutadas junto ao curso de jornalismo e irão receber R$ 30,00 pelo dia trabalhado. O levantamento é coordenado pelo professor Vilmar Tomio, da Furb. Segundo o coordenador de jornalismo da Nereu (que transmitirá em cadeia com a rádio Clube), Paulo César, nas duas últimas eleições a pesquisa acertou na mosca.

20 comentários:

Anônimo disse...

o professor tomio é fera! era seu aluno na época da eleição de 2004, e disse qual seria o resultado da eleição, e acertou na mosca!

inclusive ele disse que ficou preocupado, porque saiu uma "pesquisa" feita pelo jornalista Danilo Gomes dando a - vejam vocês - vitória do Edson Adriano, por 34% dos votos. Ele ligou para integrantes da campanha e eles disseram que eles viraram a eleição fazendo isso e aquilo.

no final, o resultado foi o que ele aferiu em seus estudos.

De qualquer forma, vejamos os resultados desta vez, para confirmar a credibilidade dos Institutos Brasmarket e Mapa.

Anônimo disse...

Para conseguir empurrar esta eleição para o 2o turno, Décio Lima TERÁ que contar com os votos em peso dos sindicatos (especialmente dos bancários, têxteis, dos aposentados e dos funcionários públicos), dos votos dos partidos da coligação (que não serão muitos), além de votos de comunidades de baixa renda que não foram beneficiadas pelo governo JPK (no Morro da Dona Edith e no morro da garuva, por exemplo, é impressionante a votação de JPK). Fora a tradicional militância do PT e outros simpatizantes.

Terá que contar também com uma votação boa de Ivan Naatz, melhor que as pesquisas estão indicando, porque senão, mesmo que chegue perto de 40% dos votos, não conseguirá impedir a derrota no 2o turno.

A tarefa é difícil. Vamos ver o que vai dar.

Anônimo disse...

Corrigindo: não conseguirá impedir a derrota no 1o turno.

A tarefa é difícil. Vamos ver o que vai dar.

Anônimo disse...

Meu palpite:

JPK: 46%
Décio: 37%
Ivan: 7%
Latinha/ Dari: 2%
Brancos/ Nulos: 8%%

Anônimo disse...

Será que o blog chega a 40.000 acessos até domingo?

Anônimo disse...

Acabo de ver na TV, horrorizado, um anúncio do PT com uma série de ataques contra a RIC Record, alegando que ela "tem relação estreita com Jorge Bornhausen".

Como eleitor do Décio Lima, quero mostrar minha indignação com tal postura de sua campanha.

Hora, estamos em uma democracia, e este tipo de ataque é inconcebível.

Coordenadores do horário eleitoral do PT, zero para vocês no começo da campanha, e zero para vocês no final da campanha.

E é bom rezar para que as próximas pesquisas ou mesmo a eleição tenha resultado diferente. Porque senão, perdemos boa parte de nossa credibilidade.

Domingo - apesar disto - voto no Décio Lima. Em caso de 2o turno, espero uma postura diferente.

Anônimo disse...

Sou Petista também e estou profundamente desapontado com a direção do partido e do próprio Décio. Ele está perdido e agindo e falando ironicamente, falso e sem qualquer poder de convencimento. Infelizmente a história que construímos foi totalmente destruída. Parabens para os aliados que só estão preocupados em conseguir uma boquinha na prefeitura. Voces arruinaram nosso partido.

Anônimo disse...

me poupe que esses dois otarios vão votar no Decio, parece que o DEcio esta incomodando voces, não sei pq, voces não estão com 57%?

Anônimo disse...

Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008
Vergonha total - prefeito acoberta servidores “fantasmas”


Parece que a cidade de Blumenau ganhou mais um ‘presente’ às vésperas das eleições. Um presente de grego. O prefeito determinou o encaixotamento da sindicância que investigou três servidores comissionados acusados de não trabalharem nos locais para os quais foram nomeados. A sindicância determinou o afastamento dos “fantasmas”, mas o Prefeito empurrou para debaixo do tapete. Justiça neles.


Imoralidade


Em Blumenau a moralidade administrativa, proposta pela comissão de sindicância que, inclusive, iria bater em um assessor diretor do atual prefeito, foi jogado ao léu. A decência, no caso, foi dispensada. Parece que a placa de Siga continua fazendo escola pela cidade. A população, de queixo caído, assiste a uma clara demonstração de falta de vergonha na cara. E a falta é tanta que atinge o prefeito João Kleinübing e o prefeito em exercício Edson Brunsfeld. O promotor da Moralidade Administrativa, Gustavo Mereles Ruiz Diaz, está de olho no caso e pode instaurar um processo contra os ‘donos’ do poder na cidade. O processo foi aberto após denúncia publicada no Jornal de Santa Catarina, edição 10 e 11 de maio passado, quando uma reportagem “acompanhou a rotina dos três funcionários durante quase dois meses e verificou que eles não eram conhecidos nas secretarias para onde foram nomeados”. E o Santa fez outra matéria sobre a ‘inocência’ deles.


Eu é que mando


Contrariando o parecer da Comissão de Sindicância, o prefeito informa que os três servidores exerceram as atribuições dos respectivos cargos. Ele diz que as funções eram exercidas nos locais “em que houvesse necessidade e para os quais forem requisitados, ainda que de forma momentânea, não sendo necessária e indispensavelmente exercidas apenas na secretaria de Lotação”. Tudo na maior cara de pau do mundo. E nem fica vermelho o dito cujo. O prefeito diz que eles estão dispensados de bater ponto. E, pelo visto, de trabalhar também. O prefeito também contesta parte do parecer da comissão de sindicância, feito dia 15 de agosto, que aponta desvio de função na atuação de dois servidores: a ex-gerente de Atividades Administrativas no gabinete do vice-prefeito (grifo nosso), Maria Claudete Girardi Meyer, e o ex-gerente de Novos Empreendimentos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, João Alcides Rocha Júnior.


Em campanha


A comissão de sindicância sugeriu a instauração de procedimento administrativo por entender que o ato poderia caracterizar improbidade administrativa. Mas, pelo visto, o prefeito não quer enquadrar sua servidora, lógico. Já o ex-gerente de Cartografia, Pesquisa e Informação da Secretaria de Planejamento Urbano, Delcy Norberto Batista, a comissão sugere o arquivamento do processo “por falta de provas”.(Nos dois primeiros casos o prefeito alega que a comissão “enveredou para a seara imprópria da razão da instauração do procedimento, ao adentrar no campo da discussão sobre possível desvio de função (...) o que não foi objeto da abertura da sindicância”. É mole? Em relação ao possível ato de improbidade administrativa, o prefeito alega que “não há indícios que possam presumir que houve enriquecimento ilícito”. Ele não diz, mas somente depois que a denúncia foi apresentada os três servidores foram exonerados por vergonha e para não atrapalhar a campanha de reeleição do prefeito.

Anônimo disse...

Sim senhor, meu caro, eu vou votar sim no Décio Lima. Como votei para ele e para a Ana Paula como Deputado em 2006. São duas pessoas que eu respeito muito.

Mas não compactuo com ataques deste tipo contra a imprensa. Não temos gente do partido aqui de Blumenau que gosta de falar de "filhotes da ditadura"?

E o que é isso, se não cassar a imprensa?

Anônimo disse...

a propósito, dentro do horário do JPK, teve um depoimento de uma tal de Lúcia, da Vila União, que "olhou JPK nos olhos" e não sei mas o que, bem, ele é coordenadora dos cabos eleitorais da campanha do Marcelo Schrubbe. Ela é conhecida como Lúcia Morena. Ou seja, credibilidade zero.

Agora, reitero: atacar órgãos de imprensa é algo que não posso compactuar, mesmo votando no Décio Lima

Anônimo disse...

Olha aqui ó. Sou petista sim, e posso provar, através de muitos documentos e testemunhas das falcatruas que já foram praticadas nas gestões do Déci. Sempre fui contra e perseguido. Heloisa Helena faz falta. Voces, petezetes sem vergonha, não sabem o que é ideologia. Vergonhoso. Estou com vergonha de ser PT hoje. Quem sabe, um dia, os honestos e justo do PT, como eu e alguns outros, consigamos resgatar nossa história.
Tenho dito!

Anônimo disse...

Prefeito Kleinübing mentiu e foi condenado


É de se estranhar que, em épocas de eleições, alguns candidatos ainda afirmem que fizeram aquilo que se sabe que não foi feito. O prefeito João Kleinübing (Dem) disse que tinha aumentado o número de vagas na pré-escola e foi desmentido por números mais reais fornecidos pela vereadora Maria Emília de Souza (PT), olhando os números do Ministério da Educação, que foram baseados em dados da Secretaria de Educação do próprio município. É mole?. Ele errou por apenas 2 mil crianças. E, a mentira do prefeito é tão descarada que, para 27 crianças conseguirem vagas nas pré-escolas de Blumenau, tiveram que recorrer à justiça. E venceram. Os três cargos comissionados que ganhavam da prefeitura sem trabalhar, com certeza pagam as 27 vagas das crianças e ainda sobra um troco pra prefeitura. Uma vergonha.


Na marra


A 2ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça (TJ), em processo sob relatoria do desembargador Orli Rodrigues, confirmou sentença da Comarca de Blumenau, e determinou ao município que disponibilizasse vagas em estabelecimentos públicos de ensino infantil (creche e pré-escola) a 27 crianças da região, sob pena de multa diária no valor de R$ 300. Isto é em segunda instância. Significa que, além de não dar as vaga para as crianças, o prefeito ainda recorreu e deixou a meninada fora da escola por mais alguns meses. E, pelo andar da carruagem, ainda vai recorrer para deixar o abacaxi para a próxima administração. As crianças esperam que o novo prefeito seja mais comprometido com a educação e menos com o papo furado. Mas, vale lembrar, o prefeito João Kleinübing é um dos candidatos e pode estar no segundo turno das eleições. Assim, a gurizada, que ficou fora da escola, torce para que, em vencendo o atual prefeito, ele não as deixe fora da escola.


Uma vergonha


O Ministério Público recebeu denúncias de cidadãos de Blumenau, pais das crianças, e do Conselho Tutelar da cidade de que a municipalidade havia negado atendimento a crianças em estabelecimentos de educação infantil. Mesmo após a insistência dos pais e do Conselho Tutelar. Assim, descumprindo uma nora legal, a Prefeitura deixou 27 crianças na rua, e alguns pais, talvez desempregados por não ter aonde deixar as crianças. Após os descumprimento por parte do Município da recomendação formulado pelo Ministério Público de Santa Catarina para que fossem efetivadas as matrículas dos alunos, o Ministério Público ajuizou ação civil pública com pedido de liminar para que fossem disponibilizadas as 27 vagas solicitadas pelos pais das crianças. A desculpa esfarrapada, pelo visto, foi a de sempre. Não tinha mais recursos: bem, a população de Blumenau, com certeza, iria preferir ver as 27 crianças na escola do que ver três cargos comissionados da prefeitura recebendo sem trabalhar. Aliás, este é outro pro- cesso que envergonha os moradores de Blumenau. Ver que ainda existem gente que dá emprego pra quem não trabalha.


Não provou


Na decisão em 1º grau, o juiz concedeu o pedido em caráter liminar e determinou que as vagas fossem providenciadas em estabelecimentos de ensino da rede pública próximos às residências das crianças. Inconformada, a Prefeitura teve a cara-de-pau de apelar ao Tribunal sob o argumento de que, embora destine 25% de suas receitas à educação, não consegue suprir a demanda de vagas, e deixou as crianças sem escola.

“É indubitável o dever da municipalidade de priorizar a educação infantil e manter programas de educação pré-escolar, garantindo atendimento em creches e pré-escolas a crianças de zero a cinco anos”, destacou o relator. Ademais, apesar de ter alegado dificuldades para suprir a demanda de vagas, o município não apresentou elementos que comprovassem o argumento. Ou seja, o prefeito disse que não tinha grana para pagar as vagas para a gurizada, mas não apresentou as provas da falta de receita ou de motivos que impedissem o município de dar escola para estas crianças. Uma vergonha. Por unanimidade, os demais desembargadores que compõem a Câmara acompanharam o relator. (Apelação Cível nº 2007.064174-2). Matéria feita com apoio da assessoria de imprensa do TJ.

Anônimo disse...

Não me venha citar o nome da Sem Vergonha Maria Emilia do PT. Aliás, porque ela não saiu candidata pra vereadora?????? Por que não tinha sestas básicas pra distribuir. Que moral vces têm????? Heim?????

Antonio Paulo disse...

Creio eu que podemos ter surpesas...

o Ivan está chegando no tio Decio...

veremos o que acontece no debate amanha

Anônimo disse...

Diante destes comentários a respeito de pesquisa, me lembrei da eleição para o senado. Nesta disputa estava lá o Paulo Bornhausem, Leonel Pavan, Tinha um candidato do PP, ( não me lembro o nome, sei que na última eleição para governador , ele foi o vice do Esperião amim ) e corria por fora e sem chance nas pesquisa a Sra. Ideli Salvati.
Muito bem, todas as pesquisa furaram e feio, até a boca de urna. Quando abriram as urnas. Quem Venceu ?
Sr. Leonel Pavan ( que também não era o favorito ) e a Ideli Salvati , que tinha apenas 3% nas pesquisas. Por isso que eu não acretido nestas porcaria de pesquisa. O que manda mesmo é na hora de botar o voto lá na urna.

Anônimo disse...

"sestas" com "s" é foda....ninguem merece....esse com certeza vota no JPK...ha ha ha !!!!

Anônimo disse...

não sei pq a agressividade, voces não estão com 57%? ja ganharam, esqueçam o pessoal do PT.

Anônimo disse...

Tem candidato que diz falar somente a verdade, que se orgulha de falar pouco e trabalhar muito. Mas o que temos visto são mentiras, falatórios, muita enganação e pouco trabalho. Se você não está satisfeito, mas ainda não decidiu sobre em quem votar no dia 5 de outubro, veja a seguir 25 MOTIVOS REAIS PARA NÃO VOTAR em João Paulo Kleinubing:
1. Posa de bom moço, que só fala a verdade, mas NÃO FALA COM O POVO e não comprova os números que INVENTA sobre vagas em creches e atendimento na saúde.
2. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de aumentar a cobertura do Programa Saúde da Família de 37% para 70%. Na verdade, em três anos e meio, JPK aumentou APENAS 1,67% a cobertura, que era de 41,08% em 2004.
3. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de abrir os postos de saúde das 7 da manhã às 10 da noite e sábado meio período. A maioria dos postos atende somente até as 6 horas da tarde.
4. ESCONDE AS FILAS nos ambulatórios, fazendo com que mulheres, crianças e idosos esperem de pé desde a madrugada para tentar marcar uma consulta.
5. PACIENTES ESPERAM até mais de 2 ANOS por exames e cirurgias, que são desmarcadas e remarcadas sem maiores explicações.
6. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de criar a fábrica de remédios para dar medicamentos de graça e levar as casas das pessoas através dos agentes do Programa Saúde da Família.
7. TIROU OS AGENTES DE SAÚDE do trabalho nas casas, obrigando-os a fazer atividades burocráticas nas unidades de saúde.
8. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de diminuir os cargos comissionados de 280 para 140. Pelo contrário: além de aumentar os salários em 30%, NO PRIMEIRO ANO DE GOVERNO, mantém o número de cargos comissionados em 260 pessoas.
9. MENTE ao dizer que economizou com a diminuição do número de cargos comissionados. Na verdade, os gastos com a folha de pagamento dos comissionados e das funções gratificadas no atual governo chegam a quase R$ 27 MILHÕES.
10. CRIOU 3 NOVAS SECRETARIAS para acomodar os filiados dos partidos que compõem a TRÍPLICE ALIANÇA.
11. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de construir a ponte do Badenfurt, obra que já estava licitada no final do governo Décio Lima.
12. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de manter o DOMINGO LIVRE.
13. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de baixar o preço da passagem de ônibus. Ao contrário: a passagem aumentou e o SERVIÇO PIOROU com a redução de centenas de horários.
14. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de usar 1% do orçamento do município para a construção de casas para pessoas de baixa renda. Em três anos e meio não construiu NENHUMA MORADIA POPULAR.
15. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de acabar com a falta de vagas nas creches. Em três anos e meio NÃO CONSTRUIU NENHUMA CRECHE, enquanto o governo de Décio Lima construiu 16 novas creches.
16. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de implantar a Casa da Convivência do Jovem, que até hoje não saiu do papel.
17. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de aproveitar a estrutura do Sesi para fazer a Faculdade de Esportes, projeto que também ficou no papel.
18. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de construir todos os terminais urbanos que faltavam para fazer a integração total das linhas de ônibus.
19. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de construir o Anel Viário Oeste - Sul, ligando os bairros Velha e Garcia.
20. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de fazer o prolongamento da Rua da Humberto de Campos até a General Osório.
21. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de construir ciclovias. Em três anos e meio, não foi feito nenhum centímetro de ciclovia no governo João Paulo.
22. NÃO CUMPRIU A PROMESSA de ampliar a Promenor. Ao contrário: ACABOU COM A PROMENOR, deixando desassistidas mais de 3.500 crianças.
23. ACABOU COM O PROGRAMA MOVIMENTO É VIDA, deixando mais de 5 mil idosos sem atividades de lazer e entretenimento.
24. ACABOU COM O PROVE, programa de incentivos à agroindústria, que beneficiava centenas de famílias de agricultores.
25. INAUGURA OBRAS INACABADAS, como a Via Expressa, colocando em risco a população, apenas para ganhar votos.

Anônimo disse...

esse site é uma porcaria!!!por favor poderiam me indicar o site q diz o q os vereadores de bnu implantaram na cidade durante suas candidaturas.