terça-feira, dezembro 02, 2008

BLUMENAU PÓS-CASTÁSTROFE

DE VOLTA A TERRA
O primeiro momento foi o de emergência, o segundo de solidariedade e o terceiro é de seguir em frente com a nova realidade que se apresenta. Muitos questionamentos pairaram no ar ao longo dos últimos dias, mas não foram feitos por não ser o momento. À medida que o tempo passa e as coisas tentam retornar a normalidade, se isso é possível, as perguntas começam a ser postas na mesa em busca de respostas.

PONTOS DE INTERROGAÇÃO
De minha parte seguem três perguntas: a Defesa Civil de Blumenau se baseou em qual fonte para minimizar o volume da chuva no sábado, dia 28? A explosão de canos do gasoduto, sábado na BR 470 e domingo à noite em Belchior, não tiveram nenhuma influência no deslizamento de terras acontecido no Vale, em especial no Morro do Baú e arredores? E quem irá fiscalizar a aplicação desses milhões de reais que estão vindo para a cidade através das mais diversas campanhas de arrecadação?

9 comentários:

Alberto Luiz disse...

Alexandre,

acredito que caberia mais uma pergunta:

Como ficará daqui em diante para a liberação de novos loteamentos e construções em morros?

Atrás da minha rua tem um novo loteamento (que também desbarrancou) que está sendo construido em uma enorme área de preservação. Quem sabe mereça até uma matéria ...

alberto.lvieira@terra.com.br

Anônimo disse...

Tomara q o prefeito invista e dê mais valor aos fiscais de obras e posturas da prefeitura! Pelo visto o serviço lá não funciona!

Anônimo disse...

Moradores do Belchior e arredores do Baú afirmam que sentiram a terra tremer com a explosão do gasoduto. Porque ainda não temos imagens nem notícias da explosão? Porque há alguma ligação(?). ISTO QUER ME PARECER QUE A IMPRENSA EM GERAL ESTÁ ACOBERTANDO O FATO? Encontrar um sismógrafo instalado na região ajudaria a responder a questão.

Giovanni Ramos disse...

A pergunta do Alberto Luiz é boa. Faço outra pergunta: Blumenau irá aprender que o crescimento urbano deve ocorrer na região norte ou vai continuar investindo no início da Velha?

Anônimo disse...

A grande questão é: Quem vai fiscalizar este dinheiro todo.

E a própria campanha da Record, do Instituto Ressoar, quem irá fiscalizar?

Tomara que todo este dinheiro chegue na mão de quem precisa, neste caso todos estes que perderam tudo terão suas vidas reconstruidas, mas e a corrupção no Brasil? Será que não baterá a nossa porta mais uma vez, até nesta tragédia??? É ver pra crer, e eu estou tentando acreditar que desta vez será diferente..

Thiago Duwe disse...

Concordo Alexandre. Todos os seus questionamentos são realmente pontuais. Estamos de olho.

Anônimo disse...

Deem uma olhada na revista Época desta semana. Tem artigo insinuando que a explosão causionou SIM o abalos das encostas e outra pergunta: Este número de mortos é real? Pelo que ouvi há mais de 80 corpos já encontrados no Bau, e é por causa disso que bloquearam os acessos, principalmente da imprensa.

Anônimo disse...

ja se sabe que na vila germanica onde quem cordena a distribuiçao das doaçoes esta dizendo que muitas coisas não são para doação se não é para doação é pra que então? acho que a propria população deve fiscalizar as doações não falo em dinheiro mas dos alimentos,colchoes roupas etc...,só na vila germanica tem 3setores cheios de alimentos que estão sendo guardados até quando pergunto a´te que tudo comece a vencer o praso de validade? Se sabe que na enchente de 83,84 muita comida foi enterrada a noite no aterro sanitario para ninguem ficar sabendo até quando a população atingida tem que passar por esse descaso? são pilhas de colchões e ninguem distribui socorro é o que eu peço e não é nem pra mim porque graças a Deus eu não fui atingida, mas penso nessas pessoas que estão precisando

Anônimo disse...

Fiscalizar? Tomara, mas pela minha idade, não acredito que o bolo será bem repartido, principalmente quando temos muitos coroneis, que sempre querem que o povo asoovie, enquanto eles cuidam da fazenda. Os grandes seres superiores deste país, deveriam pensar muito, mas muito mesmo nos seus eleitores, queira DEUS que a cruz do alto do Zendron os ilumine, se é que els acreditam. Ah, não sou de esquerda e nem PT viu, apenas penso.