terça-feira, dezembro 02, 2008

SOLIDARIEDADE

SOLIDARIEDADE QUE SURPREENDE
Tantas são as demonstrações de solidariedade, que faltam adjetivos para ilustrar a capacidade do ser humano de se ajudar em momentos de calamidade como o que passamos. A sociedade de consumo, individualista, dá lugar à pessoas fraternas e solidárias. Entre os inúmeros exemplos, chama a minha atenção uma reportagem postada no site da folha (www.folha.uol.com.br). Detentos do presídio central de Porto Alegre anunciam que farão um jejum de 24 horas em prol dos atingidos pela chuva. De acordo com a reportagem, a expectativa é arrecadar 1,546 kg de alimentos. Não é surpreendentemente bacana?

Um comentário:

Glayton Robert disse...

Em conversa ontem (02/12) com a minha irmã que mora no Rio de Janeiro e que estava organizando as doações para o nosso estado em sua igreja, ela me disse que os órgão públicos de lá receberam orientações para não receberem mais doações porque não estão dando conta da chegada de tanto material que estaria atravancando as entradas do estado.
Éclaro que tem um lado bom que é o fato de estarem chegando muitas doações de todos os lugares deste país, porém, ainda assim, é pouco frente às dificuldades que muitos ainda estão enfrentando. O Estado (e obviamente os municípios também)precisa se organizar para receber estes donativos que chegam sem que precise pedir para o resto da população que quer ajudar para se conter em suas doações.