quinta-feira, outubro 16, 2008

SEGURANÇA

COTIDIANO
Na noite de quarta-feira um carro foi furtado dentro do estacionamento do shopping Neumarkt. Depois de uma perseguição policial, o ladrão despencou com o veículo barranco abaixo, na SC 474. Destaco o fato por duas situações. Para refletir sobre a violência urbana e a responsabilidade pelo prejuízo sofrido e para destacar a mudança de postura da administração do maior empreendimento comercial de Blumenau.

BOLETIM DE OCORRÊNCIA
Segundo o registro da ocorrência, feita pelo shopping e não pela vítima, o carro pertence a um sargento da PM de Florianópolis que esta de serviço na cidade por conta da Oktoberfest. A chave teria sido perdida na praça de alimentação. O ladrão a teria encontrado entrado no carro, estourado a cancela e fugido em alta velocidade até ser flagrado. Se o fato é assim como o descrito acima quem tem que pagar o prejuízo? O dono que foi descuidado ao ponto de perder a chave ou o estabelecimento?

PARENTESES
Pegando o gancho do fato, ouvi estes dias uma entrevista do secretário de Turismo Norberto Mette, onde ele falava que os donos dos estacionamentos localizados nos arredores da Vila Germânica têm sim responsabilidade caso ocorra algum sinistro no veículo durante o período que ele estiver lá dentro.

NOVA POSTURA
Independente de que tem responsabilidade no caso do furto do veículo, quero destacar a disponibilidade da administração do shopping, comandada faz pouco tempo por Luis Guilherme Kuhn. Ele deu entrevista, permitiu imagens e disponibilizou todas as informações necessárias. Em outro tempo seria muito difícil, vide o recente caso do totem.

PASSADO
Lembro quando trabalhava na RBS TV e o shopping tinha pouco tempo de vida. Uma bicicleta foi furtada no local, mas a administração usou seu peso de anunciante para abafar a reportagem, que não foi veiculada. Tomara que essas posturas tenham ficado no passado.

7 comentários:

Anônimo disse...

Houve evasão do local, por meio brutal. O carro rebentou a cancela. As câmras dispostas nos locais de entrada e saída, devem ser usadas também para identificação dos carros e motoristas. O certo é o SHOPPING, pagar! O descuidado, estava dentro de um local "público privado" e merece proteção, apesar de ser um policial, o que não tem nada a ver. O SHOPPING, paga! ou deve pagar.

fabioricardo disse...

MUdança com certeza bem-vinda, esta. Se esconder da mídia e ainda usar o peso de anuncante é uma piada. Tomar a iniciativa de fazer o BO pelo cliente é um ato a ser aplaudido. Se pagar os custos envolvidos, será um grande feito.

Anônimo disse...

Dia do Professor

Fiquei muito triste com um fato que ocorreu na noite do dia 14/10 na oktoBerfest. Todos os professores do municipio ganharam ingressos para irem na festa, porém a meia-noite antes do dia 15/10 (dia do professor) ela foi simplesmente encerrada. Vi Um dos organizadores da festa, seu Noberto Mette, e fui perguntar porque está acontecendo aquilo e ele alêm de dizer que nós tinhamos que voltar para casa e trabalhar (para corrigir provas) ofendeu todos os professores (dizendo que somos uns Merdas e Alcoólatras). Pergunto como uma pessoa que tem desprezo pelos nossos professores, pode ser representante do turismo da cidade?

Anônimo disse...

é, vão ter que aguentar essa corja mais 4 anos...

Anônimo disse...

O mette ta treinando para ser NAZISTA ANÃO. Por isso é tão brabinho.

Anônimo disse...

O Shopping cobra estacionamento pra que? Tem responsabilidade sim, deve arcar com todos os prejuízos material e civil. Do contrário que seja proibida a cobrança do estacionamento... querer cobrar pelo estacionamento sim agora se responsabilizar pelo serviço não? Façam alguma coisa, não deixem isso ficar assim...

Anônimo disse...

os professores ganharam um cala boca (premio gratificação)paravotar no homem agora calem a boca